sábado, 25 de abril de 2015

BREVE HISTÓRICO DAS MOBILIZAÇÃOS EM PAs e UNIDADES DE SAÚDE DE NATAL

Em uma das atividades passadas, os agentes ganharam as unidades de saúde e PAs PARA mobilizar os companheiros ACE e ACS que ainda não aderiram à greve. Cada um fez o seu registro, mas por falta de tempo ainda não avia captado as imagens para postar. Peço aos que não estão abaixo que envia as fotos para sindasrn@gmail.com.

PREFEITURA NÃO ENVIA RESPOSTAS DO REAJUSTE E MUDANÇA DE NÍVEL- SERVIDORES ACAMPAM EM FRENTE PREFEITURA DE NATAL

Atendendo nossa convocação, mesmo debaixo de muita chuva, os agentes de saúde compareceram nesta sexta feira (24-04)logo cedo no acampamento em frente à Prefeitura de Natal. A partir das 7:00h já tinha mais de 100 agentes de saúde.
O acampamento teve como objetivo, tornar público a falta de compromisso da Gestão Municipal, que não encaminhou aos sindicatos, a contraproposta de reajuste prometida na última reunião com Chefe de Gabinete do Prefeito Carlos Eduardo Jonny Costa.
Os agentes de saúde liderados pelo SINDAS e os demais servidores liderados pelo SINSENAT, estão convictos que se a resposta da Prefeitura não for dada a greve continuará por tempo indeterminado.
O Presidente do SINDAS não pode comparecer ao acampamento, porque dedicou a manhã inteira a defesa da ação que a Prefeitura entrou, pedindo a ilegalidade da greve.
Parabenizo os diretores do SINDAS e do SINSENAT, pela condução dos trabalhos ao longo do acampamento, que de forma ordeira e democrática deixou a mensagem ao Prefeito Carlos Eduardo e divulgou para população que só estamos em greve porque o Prefeito quer.

O acampamento contou com pagode pra animar os servidores e foi servida mais uma feijoada daquelas. Após o almoço todos foram liberados e o acampamento desmontado.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

AGENTES DE SAÚDE DE PARNAMIRIM ACAMPAM EM FRENTE A SMS PARA COBRAR REUNIÃO

Na manhã de hoje(23-04) os ACE e ACS de Parnamirim-RN, acamparam em frente a SMS para cobrar do Secretário de Saúde, uma rodada de negociação com SINDAS e uma comissão de agentes. O objetivo da reunião é discutir alguns pontos de pauta pleiteados e não atendidos.
Entre as reivindicações estão: PMAQ, incentivo de final de ano, reajuste salarial, fardamento e E.P.I, plano de cargos etc.
Durante o acampamento anunciamos que se não fôssemos recebidos iriamos em caminhada até o gabinete do Prefeito Maurício Marques.
Após fazermos o anúncio o Secretário recebeu o SINDAS e uma comissão de agentes para negociar a pauta. Ficou decido na reunião que dia 12 de maio sentaremos novamente para saber das respostas.
Até o dia 07 de maio o SINDAS encaminhará algumas propostas por escrito, inclusive, projetos de lei para serem analisados pela Prefeito e Procuradoria.

O acampamento contou com uma deliciosa feijoada, estrategicamente preparada porque sabíamos que a reunião poderia demorar. De fato demorou a comissão só saiu por volta das 13:00h para passar os informes e tirar os encaminhamentos. Antes do dia 12 de maio realizaremos uma assembleia com a categoria para afinar o discurso e bolar algumas estratégias, afinal, se não tiver avanço dia 12/05 a categoria poderá tirar um indicativo de greve.


GABINETE DO PREFEITO DE NATAL NÃO ENCAMINHA PROPOSTA DE REAJUSTE E GREVE CONTINUA

A expectativa dos agentes de saúde, era que no final da tarde de ontem(22-04), a Prefeitura de Natal encaminhasse a resposta pauta de reajuste, bem como, que e a reunião com Secretário fosse positiva, para hoje discutirmos o retorno ao trabalho.  
A reunião com Secretário aconteceu, mas a resposta da Prefeitura sobre a data base e mudança de nível não foi encaminhada até o final da nossa assembleia realizada hoje às 14h.
Na reunião com Secretário foi dito que em trinta dias será finalizado o projeto de lei do PMAQ, mas que em relação ao reajuste do auxílio alimentação e reajuste da GIDAS, a gestão só negocia quando a greve acabar.
Considerando a falta de respostas sobre a data base e mudança de nível no PCCV, a categoria resolveu continuar em greve. Só após a resposta da Prefeitura é que a categoria voltará a se reunir para deliberar sobre o fim da greve.

Amanhã iremos acampar na Prefeitura para arrancarmos a resposta sobre a data base e mudança de nível.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

SINDAS SE REÚNE COM MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PARA DISCUTIR A QUESTÃO DO PONTO ELETRÔNICO

Na tarde desta quarta feira (22-04), nos reunimos com a Procuradora Federal Drª. Caroline Maciel, responsável pelas recomendações conjuntas para adoção de ponto eletrônico em todos os Municípios do RN.
A recomendação determina a adoção de ponto eletrônico para todos os servidores da saúde, inclusive os ACE e ACS. 
O objetivo da audiência foi levar ao conhecimento da Procuradora que o ponto eletrônico está atrapalhando o trabalho da categoria, ou seja, os agentes estão deixando de produzir para se deslocarem para bater ponto.
Além desse problema, esclarecemos ao Procuradora, que os agentes de saúde, diferente dos demais profissionais, têm como comprovar sua produtividade sem a necessidade de bater o ponto eletrônico 4 vezes ao dia.  
Informamos a Procuradora que a preocupação da categoria é com a redução de visitas e que a categoria não tem medo de ter seu produção controlada, porque isso já ocorre, devido aos inúmeros formulários e protocolos que a categoria usa.
Deixamos claro na reunião, que não temos nada contra o ponto eletrônico. Concordamos que o ponto eletrônico vem para moralizar o serviço público. Concordamos que o servidor receba pelo que produz, mas receber para se descolar dar no mesmo.
 A Procuradora afirmou que está sensível ao Pleito do SINDAS e que irá mediar junto ao Ministério Público Estadual uma saída. Disse que o principal objetivo da adoção do ponto eletrônico é acabar com a evasão de médicos nos municípios.  
A Procuradora nos autorizou ligar pra ela já na segunda feira, para saber como foi o diálogo com os demais Procuradores Federais das regionais e com Ministério Público Estadual.
Saímos da reunião confiantes, principalmente porque A Procuradora pediu nossa ajuda para denunciar o descumprimento da carga horária de outros profissionais.
De antemão sugerimos que os agentes comunitários de saúde e de endemias fossem excluídos da obrigação de bater ponto eletrônico, mas a Procuradora disse que não é possível, mas que pode se buscar uma saída emergencial, inclusive, solicitou sugestões da nossa parte.
Sugerimos que os agentes batam o ponto no início e término do expediente, caso ocorram problemas isolados, buscaremos uma saída conjunta.
No nosso ponto de vista demos um grande passo na defesa dos agentes de saúde de todo Rio Grande do Norte, porque essa questão de ponto eletrônico tem afligido todos os agentes de saúde do RN.
IMAGENS: CARLOS ALEXANDRE

AGENTES DE SAÚDE DE NATAL EM GREVE FAZEM ATIVIDADE PROATIVA EM FELIPE CAMARÃO

Os agentes de saúde de Natal, em greve desde o dia 06 de abril, realizaram na manhã de hoje (22-04), no Bairro de Felipe Camarão, uma atividade proativa contra Dengue.
Foram distribuídos sacos de lixo e um panfleto orientando a população sobre alguns cuidados com a Dengue.
Durante a caminhada contra Dengue, Chamamos a atenção da população do Bairro, no tocante a obrigação que cada um deve ter no combate ao Aedes aegypti.
Enquanto alguns agentes faziam a coleta de possíveis criadouros e inspecionavam terrenos baldios, outros faziam a distribuição de panfletos e conversavam com os moradores do Bairro.  
Podemos afirmar que a atividade grevista de hoje foi uma das mais proveitosas, porque durante a caminhada denunciamos o descaso do Prefeito Carlos Eduardo, combatemos focos de Dengue e fizemos o trabalho de educação em saúde junto a cada morador por onde passamos.

Até o final do dia de hoje a Prefeitura ficou de encaminhar uma contraproposta de reajuste salarial aos Sindicatos e no final da tarde teremos uma reunião com Secretário de Saúde. Dependendo do resultado da reunião e da resposta da Prefeitura, amanhã em assembleia prevista para 14h, a categoria poderá deliberar sobre o retorno às atividades.