terça-feira, 21 de outubro de 2014

AGENTES DE SAÚDE DE SANTA CRUZ-RN SUSPENDEM GREVE


Na manhã desta terça feira (21-10-2014), os ACE e ACS de Santa Cruz, em greve há 14 dias, se reuniram para avaliar a proposta da Prefeitura encaminhada ao Sindicato na tarde de ontem e em respeito à população de santa cruz resolveram suspender a greve até a votação do piso na câmara, o que deve ocorrer em no máximo 15 dias.
A Prefeitura propôs o pagamento do piso salarial de R$ 1.014,00 nos vencimentos de novembro, retroativo a julho de 2014. Pela proposta, o retroativo será pago em 8 vezes a partir de janeiro de 2015, mas a categoria não aceitou parcelar em 8 vezes.
Em relação aos fardamentos e calçados, a Prefeitura solicitou que o SINDAS informe a data do pregão dos fardamentos de Natal para aderir a compra.
Após a assembleia, protocolamos na Prefeitura a resposta final da categoria, que foi de aceitar o pagamento do piso a partir de novembro de 2014, mediante pagamento do retroativo de julho, agosto, setembro e outubro, em cinco vezes iguais de R$ 232,00.
Outra condição da categoria para suspender a greve, foi de que o projeto de lei do piso, a ser enviado à Câmara Municipal de Vereadores, seja a minuta que o SINDAS propôs, pois assegura o cumprimento do que foi proposto pela Prefeitura e assegura a todos nós que não teremos surpresas.
Agora é aguardar a Prefeitura enviar o projeto de lei para Câmara e marcar uma reunião para discutir os demais itens de pauta que não foram atendidos.
Esperamos que a Prefeita encaminhe o que a categoria propôs e não permita que a categoria retome a greve, afinal os agentes fizeram sua parte e deram esse voto de confiança a gestão, ou seja, aguardaram o término das negociações trabalhando em respeito a população de Santa Cruz. 


PROPOSTA FINAL DA PREFEITURA


RESPOSTA DO SINDAS

domingo, 19 de outubro de 2014

COBERTURA COMPLETA DA 5ª FESTA DO SINDAS-PROGRAMA FÁTIMA MELO CANAL 17-SIM TV 19-10-2014

Neste domingo foi exibido no Canal 17 SIM-TV, a 5ª edição da festa do SINDAS. Mais um momento que ficará na mente dos agentes de saúde  do RN.
Os vídeos estão hospedados no Youtube e podem ser compartilhados pelas redes sociais e salvos mediante utilização de programa apropriado.
1ª PARTE- 25min de duração

2ª PARTE- 11min de duração

sábado, 18 de outubro de 2014

DIRETOR DO CENTRO DE ZOONOSES DE NATAL EMITE NOTA AOS ENVOLVIDOS NA CAMPANHA ANTIRRÁBICA

O Diretor do CCZ, atendeu as nossas reivindicações, logo que foi constatado o problema com o almoço dos vacinadores. Agora no final da tarde ele nos enviou o e-mail baixo, agradecendo a todos os agentes e garantido que nenhum agente terá prejuízo por causa do corrido.
Quero em nome dos agentes de saúde, lamentar pelo ocorrido, que infelizmente não foi culpa do CCZ, mas quero agradecer pela postura de Alessandre, que assim que foi solicitado suspendeu a vacinação e liberou todo mundo, sem nenhum prejuízo.
A garantia das folgas para quem optou por 3 dias de folga e o pagamento de adicional de serviço extraordinário, para quem optou pelo pagamento estão garantidos.

CONTRATEMPO TERRÍVEL. CAMPANHA ANTIRRÁBICA 2014 SUSPENSA POR CAUSA DE COMIDA ESTRAGADA

A alimentação para os vacinadores e motoristas, fornecida pelo restaurante contratado pela SMS, para campanha antirrábica 2014, chegou estragada em quase todos os 5 Distritos Sanitários de Natal.
Assim que fomos contatados pelo CCZ e pelos agentes, sugerimos a suspensão da campanha e a liberação dos agentes, sem nenhum prejuízo, porque a culpa não foi dos vacinadores e nem dos motoristas.
Fizemos a solicitação de que a campanha fosse interrompida e o pessoal liberado, porque pela hora seria inviável almoçar em casa e retornar.
É lamentável que tenha ocorrido esse contratempo, mas tomará que esse sirva de exemplo. A Prefeitura tem obrigação de ficar atenta a quem contrata, porque termina pagando preço de comida de primeira, sendo comida de terceira e, pra piorar, a comida ainda vem estragada. 
O CCZ já acionou a Vigilância sanitária para recolher a comida estragada e interditar o restaurante. 
Solicitamos ao Dir. do CCZ que oriente os agentes dos 5 distritos a prestarem queixa delegacia, só assim, tanto o Município quanto os agente ficarão documentados. Iremos solicitar, ainda, que a SMS preste acompanhamento médico a todos os agentes que por ventura ingeriram da comida, afinal todo lote pode estar contaminado e provocar infecções graves.
Segundo o Dir. do CCZ a imprensa será alertada a emitir uma nota, informando a população que não se dirija mais aos postos de vacinação, pois as atividades no dia de hoje serão encerradas.

GREVE EM SANTA CRUZ CONTINUA

Os ACE e ACS de Santa Cruz, em greve há mais de 10 dias, fizeram mais um movimento  pelas ruas da cidade no último dia 15/10, alertando a população sobre os motivos da greve. 
Durante a caminhada foram distribuídos panfletos e um histórico financeiro dos repasses do Ministério da Saúde ao Município de Santa Cruz.
Durante a tarde, uma comissão de agentes, SINDAS e ASAS se reuniram com a Prefeita Fernanda, que nada tinha a oferecer, além da proposta de implantação do piso em janeiro de 2015.
Propomos encaminhar uma contraproposta após a reunião, depois de conversarmos com a categoria, que aguardava do lado de fora da Prefeitura.
Depois de nos reunirmos com os agentes, construímos duas propostas, como condição de por fim a greve. São elas:

PRIMEIRA: 
a)  Que seja pago o piso salarial de R$ 1.014,00 (hum mil e quatorze reais) no vencimento base da categoria, nos salários de outubro/2014, absorvendo-se a gratificação de incentivo para o cumprimento do piso;  
b)   Que o passivo referente aos meses de julho, agosto e setembro seja pago parceladamente até o fim de dezembro de 2014; 
c)  Que os recursos do PMAQ sejam pagos pontualmente até 8 dias após os recursos serem repassados aos cofres municipais; 
d)  Que seja fixada uma data para atendimento aos pontos de pauta referentes aos bloqueadores solar e labial, fardamento, Equipamento de Proteção Individual-EPI e exames dermatológicos para ACE e ACS e de sangue para os ACE. 

SEGUNDA: 
a)  Que seja pago o piso salarial de R$ 1.014,00 (hum mil e quatorze reais) no vencimento base da categoria, nos salários de outubro/2014, e a gratificação do incentivo seja regulamentada em lei com efeito retroativo a data da concessão; 
b)   Que o passivo referente aos meses de julho, agosto e setembro  seja pago em janeiro, fevereiro e março de 2015; 
c)  Que os recursos do PMAQ sejam pagos pontualmente até 8 dias após os recursos serem repassados aos cofres municipais; 
d)  Que seja fixada uma data para atendimento aos pontos de pauta referentes aos bloqueadores solar e labial, fardamento, Equipamento de Proteção Individual-EPI e exames dermatológicos para ACE e ACS e de sangue para os ACE. 
Diante das propostas construídas com a categoria, a Prefeita ficou de nos receber novamente segunda ou terça feira para dar respostas.
Na manhã do dia 17/10, a categoria se reuniu para discutir o andamento da greve e programar mais um atividade grevista que ocorrerá no bairro mais populoso de Santa Cruz.
MOVIMENTO DIA 15/10/14






















REUNIÃO DE AVALIAÇÃO 17/10/14

ABERTURA DA CAMPANHA ANTIRRÁBICA 2014-CCZ NATAL

Na manhã deste sábado, a convite do Diretor do CCZ e do Secretário de Saúde de Natal, o SINDAS se fez presente na abertura da campanha de vacinação antirrábica de 2014.
A solenidade contou com música ao vivo e um café tamanhã para todos os presentes.
O Secretário de Saúde Cipriano Maia, em seu discurso agradeceu o empenho dos servidores e reafirmou o compromisso da gestão para com as mudanças que o CCZ precisa e fez um abreve reflexão dos avanços tidos em meio tantas dificuldades.
O Dir. do CCZ Alessandre Tavares, agradeceu o empenho de todos os servidores envolvidos nos programas do Centro e fez questionar lembrar que nada funcionaria, se não fosse o empenho e dedicação de cada um.
Aproveitamos o momento para reforçar o pedido do SINDAS feito em reunião na tarde de ontem, qual seja, que a SMS encontre uma saída para não deixar nenhum reabilitado fora da gratificação GIDAS. 
Diante de muitos agentes presentes, Cipriano se comprometeu em ver o pleito do SINDAS com sensibilidade. Esperamos que tudo dê certo, afinal todos produzem pleo bem da saúde do povo de Natal. 

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

PAGAMENTO DE QUEM OPTAR EM TRABALHAR NA CAMPANHA ANTIRRÁBICA SEM SER POR FOLGA

Segundo o Dir. do CCZ os agentes poderão optar em tirar 3 folgas ou serem remunerados pelo serviço extraordinário, por isso, vimos esclarecer como funcionará o pagamento para quem não optar pelas folgas.

Lei 120/2010-
PCCV DA SAÚDE

CAPITULO I
DOS ADICIONAIS

Art. 4º - A Administração remunerará os servidores, conforme os requisitos definidos nesta Lei, com os seguintes adicionais:
I - Adicional de Insalubridade;
II - Adicional de Periculosidade;
III - Adicional de Risco de Vida;
IV - Adicional Noturno;
V - Adicional de Tempo de Serviço;
VI - Adicional de Serviço Extraordinário.

Art. 11 - O Adicional de Serviço Extraordinário será devido, com acréscimo de 50% (cinquenta por cento) sobre o valor normal da hora efetivamente trabalhada, tendo por referência o vencimento básico do servidor, àquele que, eventualmente, prestar serviços fora do expediente definido em lei, mediante indicação do titular do seu órgão de lotação ou de prestação de serviço, observados os requisitos gerais previstos nesta Lei.

Pelos nossos cálculos e considerando o salário base dos agentes, que varia de acordo com tempo de serviço de cada um, os valores do serviço extraordinário a ser paga na campanha antirrábica corresponderão aos seguintes valores:
O cálculo é simples, multiplica-se o valor das horas trabalhadas (salario ÷ por 160 horas =  valor da hora), pelo total de 20 horas, tendo em vista que a vacinação é de 7:00h às 17:00 e no sábado, por tanto em dobro, cada agente que optar por receber o adicional e não as folgas receberá:

Quem ganha salário base de 1.027,21 receberá R$ 128,40 de serviço extraordinário;
Quem ganha salário base de 1.050,84 receberá R$ 131,35 de serviço extraordinário;
Quem ganha salário base de 1.075,01 receberá R$ 134,37 de serviço extraordinário.

PREFEITO DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU-RN É CARIMBADO COM CARIMBO DE HONRA PELO SINDAS/RN

Dois dias após a publicação do piso nacional da categoria, o SINDAS/RN solicitou por meio do ofício nº 136/2014 de 20 de junho, ao Prefeito Arlindo Dantas, que fosse implantado os R$ 1.014,00 na matriz salarial dos agentes de saúde (ACE e ACS), tendo em vista que eles fazem parte de um plano de cargos negociado pelo SINDAS em 2012, cuja matriz inicial era salário mínimo para todos os servidores da Prefeitura.
Atendendo à solicitação do SINDAS, o Prefeito solicitou que encaminhássemos uma planilha demonstrando como ficaria o salário dos agentes, após a correção da matriz inicial.
Atendendo à solicitação foi providenciada a planilha e enviada a Prefeitura por meio do ofício nº 162/2014, que além de acatar nossos cálculos, já providenciou a legalização do piso local e vem pagando os novos salários desde o mês agosto.
A um gestor como esse, que respeita e reconhece o trabalho e o valor dos ACE e ACS, o SINDAS tem a honra de conceder o carimbo do reconhecimento, carimbo este, quem nem todos os gestores públicos são dignos de receber.

O Prefeito de São José de Mipibu é mais um prefeito do RN Carimbado pelo SINDAS, diferente dos prefeitos(as) de Várzea, Lagoa de Pedras, Lagoa Salgada, Tibau do Sul, São Pedro do Potengi, Japi, Santa Cruz, Caicó, Cruzeta, São Gonçalo do Amarante, Extremos, Carnaúbas dos Dantas, Tenente Ananias, Macau entre outros que estão na nossa lista negra, porque não pagam o piso dos agentes de saúde.