quinta-feira, 31 de maio de 2012

REUNIÃO DEFINE MELHORIAS PARA ACS DA USF DO SANTARÉM


Na tarde dessa quinta feira 31-05, eu e o Dir. Carlos Alexandre, participamos de uma importante reunião na Unidade de Saúde do Santarém. A reunião contou com a presença da Direção da Unidade, da gerência do Distrito Norte, da Condenação do DAB na pessoa de Joilka, do NASF e de todos os agentes e enfermeiras.

Em pauta questões como Marcação de consultas feitas exclusivamente pelos agentes, falta de material e de uma sala para os agentes. Depois de ouvirmos todos, nos pronunciamos e deixamos claro quais são as atribuições de cada membro da equipe, que a marcação de consulta não é uma das atribuições dos ACS, além de apontarmos algumas coisas que no nosso entendimento estão erradas e vêm prejudicando o bom andamento da equipe. 

Deixei claro que de nada vai adiantar resolver o problema naquela unidade e não se aplicar nas demais, pois o que causa os mais diversos problemas nas unidades são informações divergentes de uma unidade para outra. Fomos convidados para participar de outras reuniões que tratará de assuntos relacionados aos ACS e com certeza estaremos interagindo e somando forças pela melhoria de vida e saúde dos ACS no ambiente de trabalho. " UMA SALA SERÁ PROVIDENCIADA PARA OS ACS"
 USF SANTARÉM 100% CHAPA 1

O SINDAS É DOS AGENTES E TODOS TERÃO A OPOTUNIDADE DE ESCOLHER O MELHOR PRA ELE


ELEIÇÕES DO SINDAS
CHAPA Nº 1
 “UNIÃO E LUTA”

 A primeira eleição direta do SINDAS ficará na história, pois depois de 04 anos de mandato onde a diretoria foi eleita por aclamação, ou seja, sem os agentes poderem escolher democraticamente. Dessa vez será diferente, cada um votante terá a oportunidade de nos dias 23 e 24 de julho de 2012, escolher a dedo quem serão os futuros representantes da categoria.

       Terão a oportunidade de escolher aqueles que têm história e inúmeros serviços prestados desde a fundação do SINDAS. A categoria poderá em fim fazer justiça com suas próprias mãos na urna.

       Nossa Chapa é a única registrada até agora, denominada Chapa 1 UNIÃO E LUTA, é    composta por pessoas conhecidas e de muita garra que em breve serão apresentados a todos.

terça-feira, 29 de maio de 2012

PAGAMENTO DOS ACE TEMPORÁRIOS DE NATAL

Atenção colegas, o pagamento de vocês não saiu e tem até o final do mês para ser pago a todos. O motivo de não sair no primeiro dia se deu a deficiência financeira da Prefeitura, que priorizou os servidores contemplados com o calendário. Mas me ligaram no final da tarde informando que já havia caido para alguns temporários.

Algumas pessoas me ligaram e repeti a mesma informação que dei há alguns meses quando o salário não saiu no 1º dia " O CALENDÁRIO DE PAGAMENTO INSTITUÍDO PELA PREFEITURA NÃO VALE PARA OS 150  ACE  DA ANTIGA ITCI" . Terá meses que a Prefeitura pagará no primeiro dia, mas não é por isso que todos os meses sairá de acordo com o calendário dos Servidores. Se Deus quiser todos os mês queridos ACE que tanta ralam no dia-dia  serão aprovados no concurso e passaram a receber pelo calendário.

Algumas pessoas que por ventura receberam salário incompleto, a informação é de que até o final do mês será depositado o restante.

TORNO A REPETIR: Onde Deus coloca sua mão o diabo não mete a colher! Amem.

domingo, 27 de maio de 2012

MUITAS LUTAS E MUITAS CONQUISTAS

Recordações de alguns momentos importantes na minha vida de sindicalista. História trilhada com honestidade, dedicação integram e que ninguém jamais conseguirá apagar .

Que Deus nos abençoe cada dia mais e faça justiça nas eleições do SINDAS dia 23 e 24 de Julho de 2012. A decisão pertence ao agente consciente!

sábado, 26 de maio de 2012

ATENÇÃO AGENTES TEMPORÁRIOS DE NATAL

Caros colegas, durante o período de anulação do contrato da ITCI, eu havia feito algumas colocações para o Sr. Promotor Dr. Emanuel Dayan Bezerra, no sentido que a Promotoria do Patrimônio de Natal interviesse e não permitisse que a Prefeitura de Natal repassasse nenhuma quantia para a ITCI, pois eles pegariam o dinheiro e dariam no pé sem pagar o saldo de salários. E isso eu informei em detalhes na assembléia dos temporários ocorrida no Sindicato dos Servidores da Previdência. 

Enquanto a Promotoria agia, organizei as ações trabalhistas juntamente com Dr. Walter. Cataloguei documentos, liguei e mandei mensagem para os agentes avisando o dia de suas audiências e participei de várias delas. Hoje as ações que já tiveram audiência estão quase todas ganhas em 1ª e 2ª instâncias e aguardando execução (pagamento). 

         Há duas semanas fui informado que graças aos questionamentos da Promotoria, o saldo de salários dos agentes, trabalhadores da Central de Hidratação e motoristas que trabalharam na ITCI poderia está saindo até o final do mês. “Como bem falei poderia sair, não disse que sairia até do fim do mês”.

Algumas pessoas de má fé ou por desinformação saíram dizendo que eu havia afirmado que iria sair, torcendo que não saísse, para ter pretexto de tentar jogar os temporários contra mim. Mas tenho certeza que ficou só na intenção, pois os temporários dão aula de sabedoria a quem pensa que eles são burros e, sabem muito bem quem mais fez por eles (vale-transporte, vale-alimentação, duas renovações de contrato e a organização de todas as ações judiciais).

Saindo esse fim de mês ou não, a informação continua válida, pois não dei certeza que sairia, disse tão somente PODERÁ SAIR. Na sexta feira procurei apurar como estava o andamento burocrático e fui informado que provavelmente não daria mais para sair agora em maio, por que a folha não foi feita e ainda poderá ir para CONTRALADORIA. 

Sendo assim, é só aguardar o dinheiro sair em junho. Já o do processo, um dia quando for para pagamento, será diminuído do que for pago por esse procedimento que informei.


COSMO COMO OS TEMPORÁRIOS TIVERAM DIREITO A VALE ALIMENTAÇÃO, INCLUSIVE RETROATIVO?
Tiveram direito por que teve quem os defendesse com argumentos de quem tem conhecimento e sabe fazer, veja: 
 OBS: Para baixar esse documento, click com mouse direito nele, selecione abrir em nova aba, ao abrir amplie, click com mouse direito novamente, salve e depois imprima. 

QUEM TEM TRABALHO PRESTADO TEM O QUE MOSTRAR, QUEM NÃO TEM CALUNIA E MENTE!

sexta-feira, 25 de maio de 2012

PISO NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE- VERDADE NUA E CRUA

Já havia  discutido amplamente o PL nº 7.495-A, sobre o qual cheguei a afirmar publicamente para todo Brasil que ele era inconstitucional.

Recentemente, coordenados pela CONACS, centenas de agentes de saúde se concentraram em Brasília para pedir o apoio dos deputados na aprovação do PL 7.495-A, mas eu disse várias vezes que o caminho estava errado, pois o PL teria que partir da Presidência. Afirmei também, com base na consulta legislativa respondida pelo Ministério da Saúde, que o Governo é contra nosso piso. 

Por desmascarar o engodo do PL inconstitucional, fui chamado de pessimista e de precipitado e, não foi qualquer pessoa,  foi gente graúda que vai de twiteiros famosos até Deputados Federais e assessores. No final esse moleque aluno de Direito estava certo. Onde está a votação do PL 7.45-A que mais de 500 deputados defendiam a votação, mesmo  sabendo que o PL tinha que ter partido da Dilma?

Caros agentes comunitários e de endemias de todo Brasil, quero agora fazer alguns esclarecimentos sobre a tão falada Medida Provisória nº 568/2012, oriunda da Presidência da República, que trata de diversas matérias, entre elas da alteração da Lei Federal nº 11.350 que regulamentou a Emenda Constitucional nº 51 de 14 de fevereiro de 2006, MAS EM NENHUM MOMENTO PREVÊ REGUMANENTAÇÃO DA EMENDA CONSTITUCIONAL 63/2010 DO PISO NACIONAL e NEM PREVÊ PISO PARA ACE.

A desinformação e preguiça de ler é tão grande, que já tem gente apostando na regulamentação do piso por meio dessa MP 568/2012. O próprio presidente do meu sindicato Sr. José Salustino, que recentemente fez um tour por Brasília, anda afirmando que o piso agora sai e que a MP 568 será o caminho.

Pois bem vamos trocar isso tudo em miúdos:

A MP 568/2012 trata de muitas matérias, entre elas, prevê no Art. 55 a alteração da tabela salarial da Lei Federal nº 11.350. Tal anexo não comtempla nenhum agente de endemias dos Municípios Brasileiros e muito menos agentes comunitários de saúde. Essa MP beneficiará tão somente os Servidores do quadro da FUNASA, criado pelo Art. 11 da Lei 11.350, veja:

Lei 11.350
(...)
“Art. 11.  Fica criado, no Quadro de Pessoal da Fundação Nacional de Saúde - FUNASA, Quadro Suplementar de Combate às Endemias, destinado a promover, no âmbito do SUS, ações complementares de vigilância epidemiológica e combate a endemias, nos termos do inciso VI e parágrafo único do art. 16 da Lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990”.

“Art. 15.  Ficam criados cinco mil, trezentos e sessenta e cinco empregos públicos de Agente de Combate às Endemias, no âmbito do Quadro Suplementar referido no art. 11, com retribuição mensal estabelecida na forma do Anexo desta Lei, cuja despesa não excederá o valor atualmente despendido pela FUNASA com a contratação desses profissionais”.

Não é a primeira vez que a tabela salarial desse seleto grupo de agentes de endemias é alterada, isso ocorreu com outra medida provisória que sequer foi divulgada, sendo a Medida Provisória nº 431 de 2008 e a posterior Lei nº 11.784, de 2008. Diante desses esclarecimentos, Fica claro que a alteração do anexo da Lei Federal dos agentes não é novidade nenhuma. Você já se perguntou por que a MP 568/2012 está sendo divulgada com tanta dedicação? Seria para tentar iludir os agentes? Pois se for a casa caiu de novo!

Diante do exposto, reafirmo que o PL 7.495-A que não se fala mais é inconstitucional; Que só através de um PL oriundo da Presidência da República é que o piso pode ser regulamentado e que a MP 568/2012 não trata de piso coisíssima nenhuma, nem para ACE e nem para ACS. Salvo para os 5.365 ACE da FUNASA mencionados no Art. 11 da Lei 11.350.

VEJA UMA INFORMAÇÃO EQUIVOCADA:


REUNIÃO COM AGENTES DE ASSU-RN

quarta-feira, 23 de maio de 2012

ATENÇÃO TEMPORÁRIOS E ACE SEM VALE TRANSPORTE

Diante das dificuldades e da falta de respeito para com os trabalhadores, resolvi disponibilizar esse requerimento onde o ACE deve preencher solicitando seu remanejamento provisório para mais próximo de casa. O presente requerimento visa colocar agente para produzir em uma turma, cujo PA seja mais próximo de casa, pois muitos que estão sem vale-transporte precisam se deslocar a pé ou pagar passagens do próprio bolso.

OBS: Para baixar esse documento, click com mouse direito nele, selecione abrir em nova aba, ao abrir amplie, click com mouse direito novamente, salve e depois imprima.

O requerimento deve ser preenchido em duas vias e uma delas deve ser entregue ao supervisor e a outra mande ele dar o recebido e guarde. Se por ventura alguém custear passagem, guardem os comprovantes das despesas  (recargas de cartão, de carteiras de estudante etc).

DENGUE UM NEGÓCIO LUCRATIVO QUE MATA


MÉDICO, PESQUISADOR E PROFESSOR DA FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO E MESTRE EM CIÊNCIAS DA SAÚDE AFIRMA: “DENGUE MATA COM AJUDA DO PARACETAMOL”.

A Dengue por si só já se tornou um negócio muito lucrativo. Lucram os gestores que recebem os recursos, mas não utilizam como deveriam, lucram os empresários de insumos e máquinas, lucram os Prefeitos que usam a Dengue para dar emprego aos correligionários políticos, em fim lucra muita gente e só quem perde é o povo.

De 2007 até a data atual, no Brasil já foram utilizados diversos insumos no controle dos focos de dengue. Utilizou-se um larvicida chamado WDG com odor de peixe e que aparentemente era escama ou cartilagem de peixe moído; Se usou o METROPENE que nada mais era do que sabugo de milho moído, conduzindo uma suposta enzima; Em 2011 se usou o DIFLUBENZURON, que não fez nenhum efeito, pois os depósitos tratados com ele apresentavam focos de dengue em poucos dias. Atualmente se utiliza o Novalorom, que até então vem demostrando eficácia no controle do Dengue, mas vem afetando a saúde dos agentes de endemias que diariamente se afastam por causa dele. 

O mais curioso é que esses insumos só são utilizados mediante autorização do Ministério da Saúde, por meio do aval dos técnicos que se dizem autoridades no assunto. Mais curioso ainda, é que muitos desses técnicos são os mesmos que atestaram a qualidade de insumos anteriores como WDG, METROPENE e DIFLUBENZURON, que de nada serviu, a não ser encher o bolso de empresários de dinheiro. 

Sobre o poder mercadológico de produtos, a manipulação de informações e técnicas para combater A dengue, me deparei com um e-mail interessantíssimo enviado por um dos leitores do meu blog, que aborda um tema de interesse de todos, em especial dos doentes de Dengue. Confiram:

Segundo o Prof. Dr. RENAN MARINO, professor de Pediatria na FAMERP (FACULDADE DE MEDICINA DE S. J. RIO PRETO-SP), a dengue é uma doença virótica, parente da hepatite C, e, sempre foi benigna, isto é, nunca matou e não mata. Isso até 1957, quando surgiu no mercado a droga chamada PARACETAMOL. 

Imediatamente indicada como tratamento para dengue, pelo ministério da Saúde Brasileiro, embora não exista nenhum trabalho no mundo todo, que comprove eficácia deste veneno no tratamento da Dengue. A partir de 1957, a dengue começou a matar. 

Segundo ele, o paracetamol é uma droga que destrói o fígado do paciente. O vírus da hepatite “C”, já detona o fígado e com o veneno do PARACETAMOL, esse fígado é destruído o que leva o paciente à morte. 

Alerta Dr. RENAN MARINO que dengue hemorrágica, nada mais é que a reação do organismo quando o fígado, destruído pelo paracetamol, provoca a morte do doente. Para ele, se o paciente NÃO TOMAR PARACETAMOL, ele terá todos os sintomas da dengue:  Mal estar, febre, dores nas juntas, vômitos, coceiras e dor nos fundos dos olhos, mas, após uma ou no máximo duas semanas, estará VIVO e bem. Mas tomando o PARACETAMOL poderá ser bem pior, ele corre o risco de morrer por complicações hepáticas.

O tema chamou minha atenção, e ao pesquisar descobri que nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, esse veneno é proibido.  Na Grã-Bretanha, ele é usado como forma de suicídio. Tomando 10 comprimidos do veneno chamado PARACETAMOL, em cinco dias, seu fígado é destruído e se não fizer transplante, morre.

Na pesquisa descobri também que o PARACETAMOL vem sendo usado na ilha de Guam, território norte-americano no Oeste do Oceano Pacífico, para matar cobras, por meio de camundongos contaminados com PARACETAMOL.  A estratégia consiste em lançar os ratos de helicópteros, que são capturados e devorados pelas cobras. É morte certa. Mais parece um cenário Hollywoodiano ou coisa de ficção, mas acreditem, é a pura verdade!

De acordo com Dan Vice, do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, o paracetamol tem 100% de letalidade para as cobras que virou um problema na ilha. Imaginem para nosso pobre fígado.

VEJA ESTA NOTÍCIA RELACIONADA: http://noticias.uol.com.br/uolnews/saude/entrevistas/2005/12/08/ult2748u82.jhtm 

CLICK NESSE ARQUIVO E LEIA:


 



CRIME POR ATESTADO MÉDICO FALSO, NÃO CAIA NESSA!


Caros companheiros na tarde de ontem me vi diante de um grande dilema e de um crime cometido por um agente de endemias. Ligou-me um filiado de uma das cidades do RN, me pedindo ajuda, pois segundo ele, estavam querendo prejudica-lo por causa de um atestado de 5 dias. 

Em seu desabafo, ele relatou que pegou um atestado com um amigo, que lhe dava 5 dias de afastamento do trabalho. Me disse ainda, que esse atestado havia sido questionado pelo supervisor, porque ele foi visto jogando bola e que o problema relatado no atestado o impossibilitava até de sair de casa. 

 Moral da história: Foi instaurado um procedimento administrativo para averiguar a veracidade do atestado e após a investigação comprovou-se mais um crime de atestado falso envolvendo agente de endemias no RN.

Ao filiado só me restou dizer: “como você é filiado temos advogado para o que você precisar, seja na instância criminal em sede de juizados especiais e na instância administrativa para recorrer, mas de antemão comece a rezar camarada”.

Com a gravidade do tema, resolvi escrever o presente artigo alertando a todos sobre tal crime e suas implicações criminais.

ESFERA PENAL

Disciplina o artigo 301 do Código Penal que:
“artigo 301 – Atestar ou certificar falsamente, em razão de função pública, fato ou circunstancia que habilite alguém a obter, cargo público, isenção de ônus ou de serviço público, ou qualquer outra vantagem.
Pena – detenção, de 2(dois) meses a 1(um) ano.”

Já o § 1º do referido artigo aduz:

FALSIDADE MATERIAL DE ATESTADO OU CERTIDÃO
 
“§ 1º – Falsificar, no todo ou em parte, atestado ou certidão, ou alterar o teor da certidão ou atestado verdadeiro, para prova de fato ou circunstância que habilite alguém a obter o cargo publico, isenção de ônus ou de serviço de caráter público, ou qualquer outra vantagem.
Pena – detenção, de 3(três) meses a 2(dois) anos”
Em relação ao artigo em tela, tratarei no artigo de algumas particularidades acerca do tema.

IMPLICAÇÕES AO MÉDICO

“art. 302 – Dar o médico, no exercício da sua profissão, atestado falso:
Pena – detenção, de 1(um) mês a 1(um) ano.
§ único – Se o crime é cometido com o fim de lucro, aplica-se também multa
Referido crime descrito no artigo 302 do Código Penal, é considerado crime próprio já que só o médico pode pratica-lo.
Neste sentido, vale frisar que terceiro pode participar da conduta criminosa, mas só o médico será responsável pela pratica da conduta do núcleo do tipo.
Este delito consuma-se com a simples entrega do atestado falso, já que a conduta típica é “dar”.

É importante ressaltar que Atestado Médico é um documento, sendo certo que seu conteúdo é de responsabilidade do médico, visto que somente pode ser elaborado através de parecer técnico.

O atestado médico deve mencionar: “estado clinico do paciente, os cuidados necessários que devem ser tomados, entre outros detalhes de responsabilidade do médico e obrigação do paciente”.

O médico ao emitir atestado, deve ater-se a certas formalidade obrigatórias a sua função, ou seja, para emitir-se atestado se faz necessário: que o médico seja habilitado , ser subscrito pelo mesmo médico que atendeu e examinou o paciente, a linguagem deve ser simples para melhor entendimento do paciente, omitir revelação explicita do diagnóstico salvo através de ordem judicial, declinar as recomendações necessárias.

Assim, tem-se que o atestado médico a vista do profissional médico, é um documento de emissão corriqueira a sua profissão, todavia deve ser emitido e subscrito de maneira leal, correta e adequada, até para evitar problemas futuros com responsabilidade ética e penal.

 Para finalizar gostaria de alertar que as pessoas que vivem dessa prática, seja médicos, intermediadores e o próprio beneficiado com o crime, todos são puníveis, mas na maioria das vezes o médico envolvido ou não com a prática se esquiva e alega que o carimbo é dele mas a assinatura não. Carimbo se faz na esquina e a assinatura falsa também, pois isso pense duas vezes antes de cair nessa e arriscar seu emprego e sua ficha que ficará suja para sempre.

SENAC OFERECE 350 VAGAS GRATUITAS PARA CURSOS EM JUNHO


O Senac/RN abre processo seletivo para bolsas de estudos gratuitas em cursos no mês de junho, por meio do Programa Senac Gratuidade (PSG). As inscrições começam nesta quarta-feira (23) e seguem até a terça-feira (29) da próxima semana, por meio do site www.rn.senac.br/psg.

Estão sendo disponibilizadas 350 vagas em treze cursos nas áreas de comércio, comunicação, gestão e negócios, imagem pessoal, saúde e turismo. Os municípios contemplados nesta fase são Mossoró, Natal e Parnamirim. Veja aqui o quadro de vagas.

A seleção dos candidatos ocorre de acordo com a ordem da inscrição efetuada no site do Senac, observando-se também os critérios definidos pela Política do PSG: possuir renda familiar mensal per capita de até dois salários mínimos federais e atender aos requisitos exigidos pelo curso escolhido, que variam de acordo com a modalidade escolhida.

Cursos disponíveis:
 
Agente de Viagens, Almoxarife, Auxiliar Administrativo, Cabeleireiro Assistente, Camareira em Meios de Hospedagens, Especialização em Enfermagem do Trabalho, Manicure/Pedicure, Monitor de Recreação, Recepcionista, Recepcionista em Meios de Hospedagens, Recepcionista em Serviços de Saúde, Vendedor e Web Designer.

O VALOR DOS PAIS

Um jovem de nível acadêmico excelente, candidatou-se à posição de gerente de uma grande empresa. Passou a primeira entrevista e o diretor fez a última, tomando a última decisão.

O diretor descobriu, através do currículo, que as suas realizações acadêmicas eram excelentes em todo o percurso, desde o secundário até à pesquisa da pós-graduação e não havia um ano em que não tivesse pontuado com nota máxima.

O diretor perguntou, "Tiveste alguma bolsa na escola?" O jovem respondeu, "nenhuma".

O diretor perguntou, "Foi seu pai quem pagou as suas mensalidades ?" o jovem respondeu, "O meu pai faleceu quando eu tinha apenas um ano, foi a minha mãe quem pagou as minhas mensalidades."

O diretor perguntou, "Onde trabalha a sua mãe?" - e o jovem respondeu: "A minha mãe lava roupa." O diretor pediu que o jovem lhe mostrasse as suas mãos. O jovem mostrou um par de mãos macias e perfeitas.

O diretor perguntou, "Alguma vez ajudou sua mãe lavar as roupas?" - o jovem respondeu: "Nunca, a minha mãe sempre quis que eu estudasse e lesse mais livros. Além disso, a minha mãe lava a roupa mais depressa do que eu."


O diretor disse, "Eu tenho um pedido. Hoje, quando voltar, vá e limpe as mãos da sua mãe e depois venha ver-me amanhã de manhã." O jovem sentiu que a hipótese de obter o emprego era alta. Quando chegou em casa, pediu, feliz, à mãe que o deixasse limpar as suas mãos. A mãe achou estranho, estava feliz, mas com um misto de sentimentos e mostrou as suas mãos ao filho.


O jovem limpou lentamente as mãos da mãe. Uma lágrima escorreu-lhe enquanto o fazia. Era a primeira vez que reparava que as mãos da mãe estavam muito enrugadas e havia demasiadas contusões nas suas mãos. Algumas eram tão dolorosas que a mãe se queixava quando limpava com água.

Esta era a primeira vez que o jovem percebia que este par de mãos que lavavam roupa todo o dia tinham-lhe pago as mensalidades. As contusões nas mãos da mãe eram o preço a pagar pela sua graduação, excelência acadêmica e o seu futuro.


Após acabar de limpar as mãos da mãe, o jovem silenciosamente lavou as restantes roupas pela sua mãe.

Nessa noite, mãe e filho falaram por um longo tempo.

Na manhã seguinte, o jovem foi ao gabinete do diretor.

O diretor percebeu as lágrimas nos olhos do jovem e perguntou, "Diz-me, o que fez e que aprendeu ontem em sua casa?"

O jovem respondeu, "Eu limpei as mãos da minha mãe e ainda acabei de lavar as roupas que sobraram."

O diretor pediu, "Por favor, diz-me o que senti."

O jovem disse "Primeiro, agora sei o que é dar valor. Sem a minha mãe, não haveria um eu com sucesso hoje. Segundo, ao trabalhar e ajudar a minha mãe, só agora percebi a dificuldade e dureza que é ter algo pronto. Em terceiro, agora aprecio a importância e valor de uma relação familiar."

O diretor disse, "Isto é o que eu procuro para um gerente. Eu quero recrutar alguém que saiba apreciar a ajuda dos outros, uma pessoa que conheça o sofrimento dos outros para terem as coisas feitas e uma pessoa que não coloque o dinheiro como o seu único objetivo na vida. Está contratado."

Mais tarde, este jovem trabalhou arduamente e recebeu o respeito dos seus subordinados. Todos os empregados trabalhavam diligentemente e como equipe. O desempenho da empresa melhorou tremendamente.

Uma criança que foi protegida e teve habitualmente tudo o que quis se desenvolverá mentalmente e sempre se colocará em primeiro. Ignorarará os esforços dos seus pais e quando começar a trabalhar, assumirá que todas as pessoas o devem ouvir e quando se tornar gerente, nunca saberá o sofrimento dos seus empregados e sempre culpará os outros. Para este tipo de pessoas, que podem ser boas academicamente, podem ser bem sucedidas por um tempo, mas eventualmente não sentirão a sensação de objetivo atingido. Irão resmungar, estar cheios de ódio e lutar por mais.

Se somos esse tipo de pais, estamos realmente a mostrar amor ou estamos a destruir o nosso filho?

Pode-se deixar seu filho viver numa grande casa, comer boas refeições, aprender piano e ver televisão num grande TV em plasma. Mas quando cortar a grama, por favor, deixe-o experienciar isso. Depois da refeição, deixe-o lavar o seu prato juntamente com os seus irmãos e irmãs. Deixe-o guardar seus brinquedos e arrumar sua própria cama. Isto não é porque não tem dinheiro para contratar uma empregada, mas porque o quer é amar e ensinar como deve de ser. Quer que ele entenda que não interessa o quão ricos os seus pais são, pois um dia ele irá envelhecer, tal como a mãe daquele jovem.

A coisa mais importante que os seus filhos devem entender é a apreciar o esforço e experiência da dificuldade e aprendizagem da habilidade de trabalhar com os outros para fazer as coisas. Quais são as pessoas que ficaram com mãos enrugadas por mim?

O valor de nossos pais ...

Esse é um belo texto sobre educação familiar que recebi de um amigo e fiz questão de compartilhar aqui.

 Leitura obrigatória para nós pais e, principalmente, para os filhos.

domingo, 20 de maio de 2012

CONHEÇA SEU DIREITO DE ACESSO A INFORMAÇÕES DE SEU INTERESSE


A Lei de Acesso à Informação dispõe sobre procedimentos a serem observados pelos órgãos da Administração Pública direta e indireta das três esferas de Poder, para garantir o acesso a informações previsto na Constituição da República.

A Lei 12.527/2011 foi publicada em 18 de novembro de 2011, e entrou em vigor no dia 16 de maio de 2012. Foi nominada como Lei de Acesso à Informação - LAI, pois dispõe sobre procedimentos a serem observados pelos órgãos públicos integrantes da Administração Pública direta e indireta das três esferas de Poder (União, Estados e Distrito Federal, Municípios), para garantir o acesso a informações previsto na Constituição da República.

Nos termos do artigo 2º da LAI, suas disposições também são aplicáveis, no que couber, às entidades privadas que recebam recursos públicos para realização de atividades de interesse público.
A previsão na Carta Magna, que assegura o acesso à informação, encontra-se no artigo 5º, inciso XXXIII; no artigo 37, §3º, inciso II, e no art. 216, §2º, in verbis:

“Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XXXIII - todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado;
Art. 37 
(...)
§ 3º A lei disciplinará as formas de participação do usuário na administração pública direta e indireta, regulando especialmente:

II - o acesso dos usuários a registros administrativos e a informações sobre atos de governo, observado o disposto no art. 5º, X e XXXIII;

Art. 216. Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira, nos quais se incluem:

§ 2º - Cabem à administração pública, na forma da lei, a gestão da documentação governamental e as providências para franquear sua consulta a quantos dela necessitem.”
 Fique de olho nos seus direitos!

SITUAÇÃO PRECÁRIA DOS ACE DE NATAL VIRA NOTÍCIA

Desmotivados e sem estrutura, agentes de combate a endemias de Natal estão pagando para trabalhar; “Nosso trabalho é prevenir a morte”, alerta Cosmo Mariz

A situação dos agentes de endemias da capital é crítica. Muitos estão sem produzir em ambiente interno e outros tantos estão ausentes do trabalho de campo, ou seja, sem realizar as visitas às residências. Segundo Cosmo Mariz, secretário do SINDAS/RN, falou ao blog agora há pouco, a secretaria de saúde não tem dado as condições mínimas para os agentes trabalharem. Falta material do mais básico, como a bolsa e o lápis do agente. Falta do fardamento ao vale-transporte. Falta até saúde aos agentes.
Grande número de faltas dos agentes, cerca de 30% deles, se deve ao não carregamento do cartão dos vales-transporte. “O atual quadro da dengue em Natal, em parte, é em decorrência do descaso que a SMS trata os agentes. 30% desses profissionais estão sem receber os vales-transporte desde o segundo semestre de 2011 até hoje. Como um agente pode estar motivado se ele precisa pagar do bolso a passagem para trabalhar?”, declara Mariz.


Sobre o fardamento, Cosmo denuncia: “Tem agente comprando o seu próprio fardamento, colando bolso da farda antiga, já em desuso, e colando na farda nova, comprada por ele mesmo. A Secretaria não repõe o fardamento dos efetivos há bastante tempo e os 150 temporários que foram absorvidos do contrato do ITCI, muitos também já não tem mais o que vestir”.


O descaso não para por aí. Em contato com veneno potente para o combate à larva do mosquito e sem a devida proteção, muitos agentes se afastaram do trabalho por motivo de doença. O programa da dengue na capital está sucateado e os supervisores estão há 6 meses sem viaturas para trabalhar em campo.
De acordo com Cosmo, a Secretária de Saúde, Maria do Perpétuo, garantiu que os problemas com a licitação para a compra dos fardamentos deverá estar sendo solucionado até o fim do mês.
Nós trabalhamos prevenindo a morte. Mas parece que aos olhos do poder público, isso não tem muita importância”, conclui Cosmo.

sábado, 19 de maio de 2012

ELEIÇÕES DO SINDAS SE APROXIMAM E PESSOAS SE REVELAM

Ao término de um mandato que durou 04 anos, não imaginava que haveria uma disputa entre os membros da atual direção para uma segunda diretoria. Num ambiente de muito disse-me-disse, testemunharemos até a eleição que ocorrerá em julho, a união de grupos que pregavam a oposição à atual direção depois da assembléia do dia 20/01/2012.  Se alguns são rejeitados pela maioria da direção é por terem cometido erros graves que foram denunciados na assembléia do SESC e só lamento pelos que se dizem sérios e se unificam com algumas pessoas. 

“Caráter e vergonha não se compram no mercado. Num país em que bandidos e mocinhos se unem na hora de lutar por seus interesses pessoais não poderia ser diferente”.

A eleição do SINDAS-RN será um processo decidido democraticamente pela categoria, que de antemão já pode ficar ciente: “poderão ter quantas chapas for para concorrer ao pleito, mas a maioria da atual direção do SINDAS que construiu uma história de trabalho sério, honesto, dedicado e acima de tudo transparente, estará unida para dar continuidade ao que começou”. 

Nas nossas propostas para uma futura diretoria alguns diretores terão que ser trocados, o que vai ser muito bom, pois deixarão de ocupar espaço e darão lugar a novas pessoas.

Como será um processo eleitoral como outro qualquer, os que hoje se aproveitam da estrutura da entidade e dilapidam o patrimônio da categoria, terão a oportunidade de se juntarem com grupos de oportunistas, que além de inexperientes só visam política e a liberação do campo, que, diga-se de passagem, não terá mais.

Não se toca uma entidade como o SINDAS com oba-oba! Para entidade continuar crescendo precisamos de pessoas com honestidade, experiência, dedicação, com trabalho já prestado e com vasto conhecimento de causa, para não fazer feio na hora de negociar a melhorias para os filiados, seja em Natal ou no interior.

Se a categoria nos mantiver a frente da entidade, um dos nossos compromissos manter o os slogan “União, Independência e luta”. Se outras pessoas assumirem, não sei o que será da categoria e do SINDAS, pois com nós de dentro já teve diretor querendo usar o SINDAS como comitê de campanha de deputada, imagine sem a gente pra impedir!
ATUAIS DIRETORES QUE NÃO CONCORDAM COM COISAS ERRADAS E QUE DARÃO CONTINUIDADE AO SINDAS:

Cosmo Mariz de Souza Medeiros
Amanda Nascimento
Canindé Quirino
Carlos Alexandre
Carlos Rondnny
Josenilson Vicente
Laudemar Bezerra
Marta Eliana Lima Alves
Melquides Bernardino dos Santos
Michael Borges

quinta-feira, 17 de maio de 2012

TRIBUNAL DE CONTAS RESPONDE CONSULTA DA PREFEITURA DE NATAL E NÃO RECOMENDA REAJUSTE


Atendendo consulta feita pela prefeita de Natal, Micarla de Sousa, questionando sobre a interpretação de normas na Lei de Responsabilidade Fiscal, o presidente da Corte de Contas, Valério Mesquita, acolhendo parecer da Consultoria Jurídica e do Ministério Público de Contas, apresentou voto respondendo às dúvidas existentes.

O mérito da consulta envolve a análise de situações relativas a hipóteses de concessão de aumento remuneratório a servidores públicos considerando-se a fronteira determinada pelo limite prudencial previsto no art. 22 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acordo com o parecer, “não se mostra recomendável ao gestor público o encaminhamento de projeto de lei de aumento ou reajuste de servidores públicos, caso o ente tenha superado o limite prudencial previsto na LRF, considerando-se que a medida colide com os princípios e regras previstas na Constituição da República de 1988”.
CLICK AQUI E VEJA OS MILHÕES QUE  A PREFEITURA ARRECADA

SOLICITAÇÕES FEITAS A SRA. SECRETÁRIA DE SAÚDE DE NATAL AGUARAM RESPOSTAS

Já havia feito algumas solicitações verbais, mas resolvi oficializar para se tomarmos medidas extremas não digam que somos radicais. São pedidos simples e que pode ser resolvidos e não acataremos resposta negativa, pois os trabalhadores não tem culpa de erros administrativos.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

POUCOS COM MUITO E MUITOS COM TÃO POUCO

Disparidade e vergonha nacional! A mesma Lei Federal que beneficiou milhares de agentes de endemias Brasil a fora, criou em seu Art. 11, um  Quadro de Pessoal da Fundação Nacional de Saúde – FUNASA, que é beneficiado com uma Gratificação Especial de Atividade de Combate e Controle de Endemias de R$ 721,00 também financiada  pelo Ministério da Saúde, enquanto a maioria dos ACS no âmbito dos municípios não tem esse direito.

VEJA:

Leia 11.350

(...)

Art. 11.  Fica criado, no Quadro de Pessoal da Fundação Nacional de Saúde - FUNASA, Quadro Suplementar de Combate às Endemias, destinado a promover, no âmbito do SUS, ações complementares de vigilância epidemiológica e combate a endemias, nos termos do inciso VI e parágrafo único do art. 16 da Lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990.

AGORA VEJA ESSA NOTÍCIA REVOLTANTE:

14/05/2012 18:50                                                                                                  
 As categorias beneficiadas pela MP 568

AGENTE DE COMBATE E CONTROLE DE ENDEMIAS

Foi reajustado o valores da Gratificação Especial de Atividade de Combate e Controle de Endemias (Gecen), devida aos agentes de combate às endemias, e da Gratificação de Atividade de Combate e Controle de Endemias (Gacen), recebida por agentes auxiliares de saúde pública, agentes de saúde pública e guardas de endemias, do valor atual de R$ 590,00 para R$ 721,00;

SE O PISO NACIONAL JÁ TÁ DIFÍCIL IMAGINE COM MAIS ESSA

Brasília, terça-feira, 15 de maio de 2012 - Ano 13 Nº 2780 
 POLÍTICA - Dívida dos municípios é tema de comissão geral na quinta-feira

O Plenário da Câmara realiza na quinta-feira comissão geral para discutir a situação financeira dos municípios brasileiros. O evento, com início previsto para as 16 horas, ocorre em função da XV edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que ocorre de hoje até quinta-feira em Brasília. A comissão geral atende a requerimento do líder do PR, deputado Lincoln Portela (PR-MG), e outros parlamentares.

O Presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Ziulkoski ressaltou que as prefeituras vêm assumindo, nos últimos anos, novas atribuições “impagáveis”. Além do novo salário mínimo de R$ 622,00, ele citou o impacto de R$ 5,4 bilhões provocado pelo piso do magistério, e manifestou preocupação com as propostas de fixação de pisos salariais para agentes comunitários de saúde, enfermeiros e vigilantes, em tramitação no Congresso.


LEIA MAIS>>>>>>>>

CONSELHO DO USUÁRIO DECIDE PELO FIM IMEDIATO DA GREVE DOS MOTORISTAS


Em reunião extraordinária realizada na tarde desta quarta-feira, 16, o Conselho Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, presidido pelo secretário Municipal de Mobilidade Urbana (SEMOB), Marcio Sá, e composto por outras dezoito entidades, decidiu que os motoristas e cobradores devem por fim de imediato a paralisação e se posicionou contrário ao reajuste da tarifa dos transportes.

Até o próximo dia 23, data marcada para nova reunião na Procuradoria Regional do Trabalho entre motoristas e empresários, o Conselho volta a se reunir para analisar planilhas, reivindicações e propostas dos empresários e tentar uma solução definitiva para o impasse.

A vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), Maria da Paz, parabenizou a iniciativa da prefeita em convocar o Conselho para discutir a greve, mas alegou “que o que foi aprovado aqui não contempla as necessidades da categoria. Teremos nova reunião, logo mais, na Delegacia Regional do Trabalho (DRT), e em seguida vamos nos reunir em assembleia com cerca de mil trabalhadores que irão decidir se suspendem ou mantem a paralisação”, afirmou.

Quanto à desobediência a Lei de Greve, que determina a circulação de pelo menos 30% da frota, e a solicitação da Procuradoria Regional do Trabalho de retorno imediato e circulação de 70%, nos horários de pico, e 50% nos demais horários, a da Paz foi taxativa, “não tenho como pegar no braço dos 4.500 trabalhadores e obrigá-los a dirigir os carros”.

Advogado do Seturn diz que haverá "operação de guerra" para circulação amanhã

TRIBUNA DO NORTE

Advogado do Seturn diz que haverá "operação de guerra" para circulação amanhã


Parte dos ônibus de Natal voltarão a circular amanhã (17), independente da decisão do Sintro com relação à greve dos rodoviários. A informação é do advogado do Seturn, Augusto Costa Maranhão Vale. De acordo com ele, os motoristas que querem voltar ao trabalho terão o direito garantido de deixar as garagens e será realizada "uma operação de guerra" durante a manhã.

O advogado explicou que entrou em contato com a Polícia Militar e foi dada a garantia de que haverá policiamento nas garagens das empresas a partir das 3h30 de quinta-feira. O comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Alarico Azevedo, garantiu que o policiamento já está ocorrendo desde segunda-feira (14) e, caso haja motoristas que queiram trabalhar, terão o direito garantido.





A greve dos motoristas e cobradores continua. Após quase 3 horas de reunião na Superintendência Regional de Trabalho e Emprego (STRE), na Ribeira, Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro) e Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município (seturn) não chegaram a um acordo e a paralisação foi mantida.
ATUALIZADO ÀS 19:50H de 16/058/2012