quinta-feira, 22 de outubro de 2015

SERVIDORES DE NATAL PODERÃO PARALISAR AS ATIVIDADES DIA 05/11/2015

Desde o início do ano, os sindicatos buscam junto a Gestão Municipal garantir aos servidores, o que a Lei Municipal nº 120 já assegura desde 2010.
Mesmo após vários meses de greve, o Prefeito de Natal negou a data base, alegando deficiências de financeiras e limite prudencial estourado.
Esse mês afrontando todos os demais servidores da Prefeitura, a Gestão anuncia que irá criar a carreira para médicos, onde muitos deles poderão chegar a ganhar mais de R$ 10.000,00 de salários.

Além de ser uma contradição do Prefeito, ele assinou o atestado de discriminação aos demais servidores ( agentes de saúde, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares etc. Negou data base e agora de uma hora para outra apareceu dinheiro para valorizar só uma categoria? Porque será?
Por causa da inércia do Prefeito Carlos Eduardo,  da discriminação e para garantir a data base 2015 e mudanças de nível vencidas, no ultimo dia 20/10 todos os sindicatos se uniram e fizeram um grande ato contra a quebra de isonomia no Município de Natal. 
Queremos uma carreira única no SUS e não valorizações isoladas deixando os demais servidores a verem navios.
Por causa dos últimos acontecimentos, no dia 05 de novembro todas as categorias poderão paralisar as atividades.
Não podemos aceitar a quebra de isonomia. porque na hora de trabalhar todos são iguais, mas na hora de valorizar alguns são tratados com diferenciação? 

Nenhum comentário: