sábado, 13 de setembro de 2014

SEGUNDA FEIRA DENUNCIAREI PREFEITA, SECRETÁRIA E PLANTONISTAS DO HOSPITAL DE PUREZA-RN

Segunda feira irei ao Município de Pureza-RN, formalizar uma denunciar ao MP, por omissão de socorro, contra a Prefeita, Secretária de Saúde do Município e plantonistas do dia, em especial o médico, que deveria estar no hospital.

No dia do acidente que culminou no capotamento do carro do SINDAS, quando eu e Josenilson nos deslocávamos para uma reunião na Câmara de Vereadores de Pureza-RN, fui socorrido ao Hospital Municipal de Pureza às 8:45h, mas pasmem, no Hospital da cidade sequer soro fisiológico tinha.
Posso afirmar isso, por que a técnica de enfermagem que me atendeu mandou que eu lavasse o ferimento da mão em uma torneira. Ao lavar a mão, o único atendimento prestado foi um curativo com gaze e esparadrapo e nada mais. Sequer foi feita uma sutura. Ao questionar se tinha médico de plantão fui informado que não e que estavam aguardando. 

Pedi uma ambulância pra me levar pra Natal mas também não tinha. Ferido, sangrando na cabeça e na mão, com muitas dores nas costas, o que poderia ser uma fratura de coluna, fui pra o meio da rua e peguei um carro de lotação para Ceará Mirim, onde depois de ser atendido no Hospital Municipal Dr. Percílio Alves e ter a cabeça e mão suturados, fui transferido de ambulância para o Clovis Sarinho em Natal.
Antes de sair andando dos Hospital de Pureza para procurar um carro que pudesse me socorrer, pedi pra fazer uma ligação, mas nem um telefone para ligar a cobrar o hospital tinha. 

Essa lastimável omissão de socorro poderia ter me custado vida, por isso, formalizarei a denúncia na promotoria da cidade e no Ministério da Saúde contra a Prefeita, Secretária de Saúde e todos os plantonistas do dia, em especial o médico que deveria estar no hospital. 


O fato de não ter médico de plantão num hospital municipal é um crime contra a saúde pública, mandar lavar um ferimento com água da torneira também é crime. A falta de médico denuncia uma situação grave em todo estado, os médicos dos hospitais públicos que deveria estar de plantão, pois ganham pra isso, ficam sobre aviso, e quando precisamos devemos esperar eles se deslocarem dos municípios vizinhos. A culpa é dos médicos? Não! A culpa é dos gestores irresponsáveis e criminosos que brincam com a saúde da população.

ASSIM CHEGUEI NO HOSPITAL DE PUREZA-RN E NÃO FUI SOCORRIDO
ATENDIMENTO NO HOSPITAL DE CEARÁ MIRIM. 
COMO PODE SER OBSERVADO SÓ LÁ LIMPARAM SANGUE DOS FERIMENTOS E SUTURARAM MÃO E CABEÇA

Nenhum comentário: