terça-feira, 14 de julho de 2015

AUDIÊNCIA PÚBLICA EM PARNAMIRIM NA MANHÃ DE HOJE(14-07) DEBATE A CRIAÇÃO DE UM INCENTIVO DO PMAQ PARA SERVIDORES.

IMAGENS: SERGIO VERTO
Atendendo a reivindicação do SINDAS/RN, a Câmara Municipal de Parnamirim, realizou na manhã de hoje(14-07), uma importante audiência pública, para discutir a proposta do SINDAS, de criação de uma lei que irá instituir no Município, um incentivo de desempenho com recursos do Programa de Melhoria de Qualidade da Atenção Básica-PMAQ-AB.
Defendemos que dos 100% dos recursos, sejam repassados 50% aos servidores das equipes contempladas com PMAQ, como prêmio de desempenho e de forma igualitária, independente de categoria, afinal todos produzem na sua respectiva área de atuação e não seria justo uns ganharem mais do que outros.
Inicialmente a Prefeitura concordou com rateio de forma igualitária, mas voltou atrás e pretendia pagar mais a quem tem nível superior. Os agentes ficariam com uma pequena fatia dos recursos, o que jamais poderíamos concordar.
Para felicidade da categoria, já no início da audiência publica, o Secretário de SAÚDE ANUNCIOU QUE A Prefeitura voltou atrás e concorda pagar os 50% em partes iguais aos servidores da equipe.
A audiência pública contou com a Presença de Ana Tânia Lopes Sampaio, que é uma das maiores autoridades em saúde pública do País professora, atualmente é professora do Departamento de Saúde Coletiva, Coordenadora do Internato de Saúde Coletiva de Medicina e Vice coordenadora do Curso de Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde-UFRN.
A participação de Ana Tânia na audiência pública teve uma importância gigantesca, porque além de amante do SUS, Ana Tânia e sua equipe da UFRN coordenaram a 3ª etapa da implantação do PMAQ no RN.
A categoria saiu da audiência com a garantia que um dos pontos de pauta da greve será atendido, mas falta a Gestão dizer quando mandará o projeto de lei e se aceitará ratear o PMAQ retroativo a janeiro de 2015, como foi proposto pelo SINDAS.  
O Secretário de Saúde de Parnamirim garantiu que irá encaminhar um ofício ao SINDAS ainda essa semana, respondendo os demais pontos de pauta. Para avaliar a proposta realizaremos uma assembleia na quinta feira. Dependendo da proposta, a categoria poderá suspender a greve na sexta feira.

Esperamos que o Município colabore como sempre fez, pois não temos nenhum interesse de prolongar uma greve, se as reivindicações forem atendidas pela Municipalidade.

Nenhum comentário: