quinta-feira, 30 de junho de 2016

O SINDAS/RN INFORMA AOS SEUS ASSOCIADOS E ASSOCIADAS



               Caros agentes de saúde e de endemias do RN, nós da atual Direção do SINDAS/RN, resgatamos a confiança da categoria com muito trabalho, dedicação e  honestidade. Ao longo do nosso mandato, não existe nenhum motivo que possa  desabonar a Direção do SINDAS.
               A Categoria em 2012, clamou pelo fim das divergências no nosso Sindicato e postou na maioria da Direção que se elegeu com 80% dos votos. A Direção não decepcionou a categoria, porque demos as Respostas que todos esperavam. Com muito trabalho e dedicação exclusiva às causas da categoria, reconquistamos a confiança de todos e fizemos com que o SINDAS deixasse de ser  um Sindicatinho, para ser o Gigante que é hoje.
               Atualmente podemos dizer sem ter medo de errar, que o SINDAS/RN é o maior e mais respeitado Sindicato de agentes de saúde do País. Tudo isso se deu graças a sua Diretoria, que é atuante não só no RN, mas também nacionalmente.
ALERTA AOS DESAVISADOS
               Alguns colegas, visando as eleições do SINDAS que ocorrerá dias 27 e 28 de julho de 2016, no início do ano, resolveram  aparecer nos movimentos, não para contribuir com as lutas, e sim para tentar plantar o mal em meio aos agentes que sempre estiveram ao nosso lado, e acima de tudo, confiam no nosso trabalho.
               Sem ter o que mostrar, já que nunca contribuíram em nada com as conquistas da categoria, passaram a disseminar  que o SINDAS precisa de mudança e a mudança seria eles.
                Entre os heróis que fariam as mudanças no SINDAS estão várias pérolas, como por exemplo:
1-   ex-diretores que cometeram dilapidação de patrimônio, e por causa disso até hoje rola processo no Ministério Público Federal sob acusação de peculato devido a pagamentos indevidos com dinheiro dos Associados;
2-   estão pessoas que tem por trás um partido político ligado ao Prefeito Carlos Eduardo que tem ódio eterno dos agentes ;
3-   pessoas revoltadas porque durante 4 anos pediram dinheiro a Direção pra bancar bloco de carnaval e nós negamos;
4-   pessoas que criminosamente usaram o cargo de supervisor de endemias pra pedir dinheiro ao SINDAS, o que informamos ao CCZ, a pessoa foi chamada atenção e só não respondeu processo administrativo, porque o Diretor do CCZ prevaricou;
5-    pessoas ligadas a outro sindicato que detesta o nosso progresso e os avanços que os agentes tiveram;
6-   está o Diretor do SINDAS Edson Bezerra que está fora da nossa chapa, porque ao longo de 4 anos de mandato só apareceu no SINDAS pra pedir recarga de celular.
          Além dessa leva “qualificada” de pessoas, então outras que enxergam o Sindicato como porta de fuga do trabalho. Na cabeça deles(as) virar diretor de Sindicato significa não ter de trabalhar. Lamentamos, mas no SINDAS não tem espaço pra larápio e nem boa vida.
          Pelo que se percebe, não tem nada que pudesse trazer mudanças ao Sindicato, nem muito menos, alguém capaz de amarrar os cadarços dos atuais Diretores. Mas como são muitos disse me disse envolvendo o nome da Direção, principalmente nos grupinhos de Wats, não custa nada tecer esses esclarecimentos, já que todos tem o direto ao contraditório e a ampla defesa. Vamos lá:
É VERDADE QUE O ESTATUTO FOI ALTERADO E DIRETOR SERÁ REMUNERADO?
          Sim é verdade, mas tudo foi feito obedecendo a legalidade, a moralidade, a publicidade - princípios indispensáveis a administração publica, mas que nós da Direção seguimos a risca. Ademais tudo foi aprovado pelo órgão máximo do SINDAS, que foi a Assembleia Geral.
          Diferente do mandato do Ex-presidente do SINDAS, denunciado por pagar vantagens indevidas a ele próprio, a outros diretores e associados, nós não permitimos e nem cometemos nenhuma ilegalidade. Fomos eleitos para moralizar e resgatar o SINDAS, que antes de assumirmos estava na lama, por causa de alguns ex-diretores.
Fomos eleitos em 2012, com 80% de aprovação nas urnas. Desde o mandato passado vimos acumulando várias perdas financeiras. Ao longo de anos os Diretores do SINDAS vêm acumulanodo prejuizos, pois não fazem jus aos benefícios conseguidos para a categoria, tais como: auxílio alimentação no valor de R$ 315,00, gratificação de função GIDAS no valor de 150,00, Gratificaçã do PMAQ na mairoia dos municípios R$ 300,00 e a pior de todas, o tempo passado no SINDAS não contará para evolução do plano de cargos.
Muitos se perguntam, que evolução que ninguém teve? Pois bem, não teve porque o Prefeito não executou as mudanças de níveis, o que será revisto na justiça e ganharemos pra todos, exceto no caso de nós Diretores do Sindicato que nem a justiça ampara nesse caso.
Aliado a todos esses prejuizos, o Sindicato não tem motorista, copeira, secretária, acessor de imprensa etc. Todos os afazeres da entidade são executados pelos próprios Diretores.
A Começar do Presidente da Entidade, temos diretores que cumprem uma jornada diária de trabalho de 12horas, muitas das vezes aos sábados, domingos e feriados. São milhares de horas extras de trabalho diárias, horas noturnas nas auto estradas, horas extras trabalhando em casa e ao telefone atendendo os filiados até na hora das refeições.
Reconhecendo todo esse esforço dos Diretores e diante do risco da categoria ficar sem a metade da Direção, só no terceiro ano de mandado acumulando prejuízos, foi aprovado a criação da gratificação para os Diretores com dedicação exclusiva.  Aguentamos até 2015, quando boa parte dos Diretores iam desistir e voltar para o campo, sob o argumento que não iriam pagar pra ser Diretor.
Alguém já se perguntou porque só no terceiro ano de mandado acumulando prejuízos, resolvemos fazer uma assembleia geral, convocada na forma do Estatuto, para promover as alterações estatutárias?
Entre as mais de 40 alterações, estão: Exigência de ser ficha limpa para concorrer ao cargo de diretor do SINDAS, criação de 7 regionais administrativas, ampliação de direitos e deveres dos associados, criação do cargo de 2º tesoureiro, Dir. de Assuntos jurídicos, Dir. de Assuntos Previdenciários e Dir. de Mulheres e Minorias e criação de uma gratificação de dedicação exclusiva.
Não há nenhuma ilegalidade nas alterações do Estatuto, especialmente na gratificação, pois essa previsão está esculpida na CLT, senão vejamos:
Art. 521 - São condições para o funcionamento do Sindicato:
(...)
Parágrafo único. Quando, para o exercício de mandato, tiver o associado de sindicato de empregados, de trabalhadores autônomos ou de profissionais liberais de se afastar do seu trabalho, poderá ser-lhe arbitrada pela assembleia geral uma gratificação nunca excedente da importância de sua remuneração na profissão respectiva.

Como pode ser observado caros associados, não existiu nenhuma ilegalidade na criação da gratificação prevista no novo Estatuto.
Vejamos os artigos 18º e 19º do novo Estatuto:
 Art. 18º – Os membros da Diretoria Executiva com dedicação exclusiva para o exercício do mandato sindical, para a administração e o bom andamento da entidade, farão jus a uma gratificação correspondente ao piso inicial da categoria, devendo ser solicitada por escrito ao Presidente da Entidade, o que não ocorrendo implicará na renúncia tácita do benefício:
§ 1º- A gratificação prevista no caput será paga por prazo determinado, enquanto perdurar o mandato e enquanto o Diretor permanecer com dedicação exclusiva.
§ 3º - Terão direito a gratificação supracitada, os diretores com dedicação exclusiva ao SINDAS/RN.
§ 4º - Compete a Diretoria Executiva do Sindicato, definir quais são os Diretores, que farão jus a gratificação prevista no caput do artigo.
Art. 19º – O membro da Diretoria Executiva que sofrer redução de remuneração e benefícios em razão de sua disposição para o exercício do mandato, será ressarcido pelo SINDAS-RN.
Com a criação da gratificação, nem nós da Direção e nem os associados conseguiram enxergar obtenção de privilégios, pelo contrário, perceberam a honestidade e seriedade da Diretoria, que nunca pagou vantagem alguma aos Diretores. Isso porque não havia previsão no antigo Estatuto de 2008.
Prova da nossa honestidade,  foi o fato de os atuais diretores, na qualidade de associados da entidade, terem denunciado ao Ministério Público Federal em 2012, o ex-presidente do Sindicato Sr. José Salustino e alguns diretores (representação PRT nº  000707.2012.21.000/7–07), por causa de pagamentos de diárias sem previsão no Estatuto, entre outras práticas ilegais e imorais, vedadas pelo ordenamento jurídico e ignoradas pelos bons costumes.
Se a intenção da atual Direção fosse favorecer os diretores, teríamos feito as alterações estatutárias após a posse da Direção em 2012, que foi eleita com mais de 80% dos votos nas últimas eleições. Mas do contrário, só no ano anterior ao pleito para renovação da Diretoria e Conselho Fiscal foi criada a gratificação, ou seja, os atuais diretores passaram três anos acumulando prejuízos e poderiam deixar para os próximos diretores o que é justo e deveria ter ocorrido desde a fundação da entidade.
PORQUE ALGUNS AGENTES ESTÃO CRITICANDO E ATACANDO A DIREÇÃO POR CAUSA DA CRIAÇÃO DESSA GRATIFICAÇÃO?
               São dois grupos que estão falando bobagem. O primeiro grupo é formado pelos poucos agentes que são desavisados, que dão ouvido a tudo que se fala e não nos procuram para pedir esclarecimentos.
               O outro grupo é formado pelos falastrões mal caráter, que estavam de olho na gratificação e só porque não podem ser diretores ficam tentando jogar a categoria contra a Direção. São tão burros que até os aliados deles aprovaram as alterações estatutárias e hoje falam o contrário. É um bando de moleques, mas moleques de má fé.
               Foi dito que tudo foi feito as escondidas e sem o conhecimento da categoria. Sobe isso, não falaremos nada, só pedimos que assistam o vídeo abaixo, extraído da filmagem da assembleia que aprovou as alterações do Estatuto em 2015. 

Para finalizar, avisamos a categoria, que tudo isso já foi discutido nos autos de uma ação judicial que questionou as alterações do Estatuto.  Sem ter o que temer e prezando pela verdade dos fatos apresentamos a defesa e a Justiça foi feita. A JUSTIÇA ENTENDEU QUE NÃO TEVE NADA DE ILEGAL.
Ilegal são as calúnias e difamações que um grupinho anda fazendo, mas se preparem, passada a eleição teremos alguns pedidos de indenizações por danos morais e expulsões do quadro de sócios do Sindicato, nos termos do Estatuto.
Soubemos que andam divulgando a página do Estatuto onde consta a gratificação. Esse é mais um ato de burrice, porque nós mesmos tornamos publicas as alterações e o Estatuto novo. Dia 23 e 24/12/2015 publicamos um vídeo da Assembleia Geral e as informações das alterações do Estatuto.
VEJA: 

23/12/2015 - AGENTES DE SAÚDE DO RN APROVAM CONTAS DO SINDAS, PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA E MUDANÇAS NO ESTATUTO: http://sindasrn.blogspot.com.br/2015/12/agentes-de-saude-do-rn-aprovam-contas.html

 

No dia 30/05/2016 disponibilizamos o novo Estatuto no blog, conforme pode ser observado clicando na postagens abaixo:

AS ELEIÇÕES PARA RENOVAÇÃO O DA DIRETORIA E CONSELHO FISCAL OCORRERÃO DIAS 27 E 28 E JULHO DE 2016:  http://sindasrn.blogspot.com.br/2016/05/as-eleicoes-para-renovacao-o-da.html

 

Podemos concluir companheiros, que tudo foi feito as claras e sem enrolação. Não podemos dizer o mesmo de quem se diz oposição a Direção.

VEJA A NOSSA DEFESA APRESENTADA À JUSTIÇA E ESCLAREÇA MUITO MAIS COISAS.
DEFESA APRESENTADO PELO SINDAS

DECISÃO DA JUSTIÇA
FONTE DA INFORMAÇÃO

Nenhum comentário: