terça-feira, 5 de junho de 2012

NOTA DE PESAR- MAIS UM AGENTE DE ENDEMIAS DE NATAL NOS DEIXA


O Agente de Endemias temporário, Antônio Carlos Nobrega, 30 anos, ao buscar seus direitos junto a uma capotaria na tarde de ontem (04-06), a qual ele havia contratado para cobrir a bancada do seu carro, foi brutal e covardemente assassinado pelo funcionário que o atingiu com 5 tiros a queima roupa pelas costas.

A alegria do rapaz foi sentida por todos na quinta feira passada por todos os colegas, pois a turma do Sup. Lucas do Oeste, da qual Antônio Carlos fazia parte, fez o aniversário dele surpresa e Antônio até chorou de emoção. Chorou porque a turma deu um exemplo de valores, o valor da verdadeira amizade  que arranca lágrimas de uma cabra por mais duro que ele seja para chorar.

Com 30 anos de idade e com uma vida inteira pela frente, Antônio Carlos convivia há mais de um ano com a Colega Janaina que também é agente de endemias. Segundo Janaina ele tinha sonhos simples como ter filhos com ela, passar no concurso de agente de endemias e tocar a vida, pois era um bom marido e um bom parceiro.

Em conversa com o pai de Antônio Carlos no velório ele desabafou: “Ele mandou o cara cobrir os bancos, pagou 50% do valor e depois de muito tempo nada do capoteiro concluir o serviço. Ele foi na capotaria e pegou os bancos do jeito que estava e começou a colocar no carro pra levar embora, quando covardemente foi atingido pelas costas com 5 tiros”.

SENSO DE IMPUNIDADE OU FALTA DE VALORES SOCIAIS?

Vivenciamos diariamente a violências e brutais assassinatos pelos mais diversos motivos. Senso de impunidade? Talvez até seja, porque o povo não ver a polícia e nem justiça atuar a contento, mas o que está faltando mesmo é o resgate dos valores sociais e principalmente humanidade nas pessoas, que aos poucos,  se igualam aos animais irracionais. Matar, torturar, estuprar e roubar as pessoas com tanta facilidade não é natural e ninguém nasce com esse extinto.

 “Na época em que se fazia favor ao vizinho, ajudava um conhecido doente sem pensar em algo em troca, na época que as pessoas se ajudavam preocupados em ganhar um amigo, quando as brigas entre vizinho eram resolvidos com a mediação dos próprios amigos e parentes, não existia tanta violência. A reflexão que deixo é que sem valores sociais deixaremos de conviver em sociedade, e se isso não for resgatado seremos obrigados a viver nessa selva onde se mata um ser humano como se fosse um animal qualquer”.

Reflita seus valores sociais, propague essa idéia!

O VELÓRIO ESTÁ SENDO NA RUA IAAI BOM PASTOR, PRÓXIMO AO POSTO DE SAÚDE NOVO HORIZONTE E FARMÁCIA CANINDÉ. O SEPULTAMENTO SERÁ AS 16H NO BOM. PASTOR II.

Nenhum comentário: