quarta-feira, 23 de outubro de 2013

DEPUTADO POTIGUAR HENRIQUE EDUARDO ALVES PAUTOU O PISO DOS AGENTES DE SAÚDE, MAS NÃO COLOCOU EM VOTAÇÃO


Muitos criticaram a contraproposta de um piso nacional de R$ 950,00, mas nem esse valor está fácil de ser aprovado, pois a pedido dos prefeitos, o Governo Federal declarou por meio de seus Líderes na Câmara, que é contra nosso piso, e se for aprovado um piso nacional de R$ 950,00, a Presidente Dilma Vetará.
O Dep. Henrique Eduardo com muita coragem, pautou nesta quarta-feira (23/10), o PL que regulamentará a EC 63/2010, mas em meio as articulações feitas pelo Governo Federal, diversos parlamentares defenderam a não votação do PL na sessão desta quarta-feira.
Diante da divisão de opiniões, o Presidente da Câmara entrou com pedido de urgência da votação do piso, com a condição de votar a matéria no dia 12 de novembro.
O regime de urgência foi aprovado, mas muitos foram a favor da votação hoje. Quando o PT percebeu que ganhava força a opinião de votar a matéria hoje como os agentes gostariam, vários pedidos para adiar a votação foram feitos, mas foram rejeitados.
Com pedido de adiamento rejeitado, o PT entre outros partidos, entram em obstrução prejudicando a votação por falta de quórum.

Poucos líderes defendem que a proposta fosse votada hoje, com medo do veto presidencial, enquanto outros defendem que seja votado para Câmara apreciar o veto da Presidente Dilma, caso ela vetasse o piso.
Infelizmente informo que o adiamento da votação, implica sem sobra de dúvida, na discussão de um valor inferior a R$ 950,00, o que, será danoso para categoria
O Presidente da Câmara diante da pressão de todos os líderes de partido, deu a proposta de aprovar a urgência para PL e votar no dia 12 de novembro. Como da data do dia passou e nem houve votação, o Presidente Câmara garantiu colocar a matéria em votação novamente o dia 05 de novembro.
Que seja votado dia 05/11, e se Dilma vetar, estará ela o PT contratando gratuitamente mais de 300 mil cabos eleitorais contra ela e sua bancada nas próximas eleições. Essa mesma opinião se estende aos deputados que forem contra nós, só espero que imas eleições os agentes tenham os nomes pra votar contra.



Um comentário:

Anônimo disse...

Isto e uma palhaçada esmola de 950.00 e ainda querem abaixa mais ainda tão bonitinhos porque nu tirão deles