terça-feira, 22 de outubro de 2013

GREVE UNIFICADA DOS SERVIDORES DE NATAL CONTINUA FIRME


Os agentes comunitários e de endemias que efetivamente se preocupam com reajuste salarial estão nas ruas reivindicando seus direitos. Sindicato forte é sindicato com categoria disposta a lutar por melhorias, por isso, parabenizamos os guerreiros que estão colocando os rosto no sol e lutando junto com os demais servidores.
Aqueles que acham que não participarão da greve e ficarão desviados de função dentro das unidades de saúde se enganam, pois já provocamos uma fiscalização nas unidades, e os agentes comunitários que forem flagrados em desvio de função, a Prefeitura será multada em R$ 100.000,00.
Considerando que existe uma portaria do Secretário de Saúde proibindo o desvio de função por parte de agentes, e considerando que não existe determinação por escrito de diretores, para que os agentes exerçam função interna, vai terminar sobrando pra quem der causa a uma multa dessas, ou seja, se a Prefeitura for multada irá atrás dos culpados pela multa e responsabilizará seja o agente ou diretor que deu causa ao prejuízo.

ATIVIDADES DE AMANHÃ 23-10-2013

AGENTES DE ENDEMIAS: Todos irão para o CCZ participar de uma manifestação e piquete para conscientizar os fura greve a virem pra luta.
AGENTES COMUNITÁRIOS: Todos se apresentarão nos distritos sanitários que sua unidade faz parte, para fazer uma panfletagem e denunciar as unidades que têm agentes exercendo irregularmente o trabalho de arquivista, técnico de enfermagem, farmacêutico etc.

Após os atos, seguiremos em grupos para unidades de saúde e PA`s para fazer piquetes onde os agentes ainda não aderiram à greve.
Dos que ainda não aderiram as justificativas são as mais absurdas, são elas: não vão arriscar levar falta; não querem perder R$ 10,00 de auxílio alimentação; que era pra aceitarmos os 8% de reajuste e deixar pra lutar por mais no ano que vem, etc.
Caros companheiros que ainda não aderiram à greve por esses motivos absurdos, gostaria de esclarecer três pontos:
1º- risco de falta tem em toda greve e isso nunca nos impediu de lutar, pois essa é a estratégia da gestão, mas até agora não se falou em ilegalidade da greve e nem tampouco de se colocar falta.
2º- nem os agentes de endemias que perdem os R$10,00 deveria pensar assim, imagine os comunitários que não recebem. Ademais, não se leva vale alimentação pra aposentadoria e nem se recebe quando falta ao trabalho ou está de férias.

3º- quem acha que o reajuste de 8% deveria ser aceito, esquece que esses 8% será dado com a própria VICT que será absolvida no salário, pois a lei do PCCV diz que a antiga produtividade será gradativamente incorporada com os reajustes, com isso, nós agentes ainda temos cerca de R$ 86,00 pra virar salário. Considerando isto, o reajuste de 8% sequer dar pra absolver a VICT. Com 8% os ACE e ACS continuarão sem nada de reajuste e mais um ano a ver navios. 

Nenhum comentário: