segunda-feira, 23 de julho de 2018

PREFEITURA DE MACAÍBA-RN DARÁ MAIS UM EXEMPLO DE VALORIZAÇÃO DOS AGENTES DE SAÚDE


Podemos externar a afirmativa acima, porque no Município de Macaíba, diferente de muitos municípios Potiguares, muitos pleitos que fizemos e defendemos junto a Gestão já foram atendidos.
Em Macaíba, os agentes já recebem um valor razoável de PMAQ, cuja lei foi proposta por nós; recebem integralmente o incentivo de final de ano; fardamento e protetores solar estão em dia, e mesmo diante da crise tiveram reajustes nos últimos dois anos.
FARDAMENTO E PROTETOR EM DINHEIRO
Na reunião de negociação realizada hoje, após enviarmos alguns expedientes fundamentados ao Prefeito, conseguimos assegurar mais dois importantes avanços que serão consolidados após o recesso da Câmara.
A Gestão acatou nossa reivindicação de tornar lei, uma minuta de projeto, que versa sobre a criação de verbas de caráter indenizatórios para aquisição de bloqueadores solar, fardamento e E.P.I.
Esses dois pleitos foram facilitados em Macaíba, porque já vimos assegurando protetores solar, fardamento e E.P.I em dinheiro em algumas cidades do RN, desde ano de 2017. Ir para mesa de negociação defender uma pauta já conseguida e transformada lei em outras cidades, torna mais fácil a negociação.
Fico feliz, porque os nossos paradigmas facilitam a compreensão dos gestores públicos, no que tange a vários pontos de pauta dos ACE e ACS, visto que, todos estão regidos pelos mesmos Princípios da Administração Pública. Cada projeto nosso que conseguimos tornar lei, só tem ajudado a conseguir as melhorias que a categoria tanto merece.
Outro ponto de pauta a ser atendido pela gestão Municipal de Macaíba, será o pagamento de ajuda de custo para transporte. Ficou acordado que tão logo a MP 827/2018 seja sancionada, sentaremos para criar o regulamento municipal, que tratará da ajuda de custo para transporte dos ACE e ACS.
PLANO DE CARGOS CARREIRAS E SALÁRIOS
Entre as reivindicações perseguidas pelo SINDAS/RN em Macaíba, está um plano de cargos para ACE e ACS. Sobre esse ponto de pauta não adianta enrolar a categoria e nem muito menos ser enrolado pelos Gestores.
Sobre o sonho dos agentes em Macaíba, de ter um plano de cargos, fomos diretos e sinceros com a categoria e com a Gestão Municipal. É lógico que um plano de cargos não se consegue da noite para o dia e requer muita habilidade e boa vontade para conseguir implementa-lo. Só é descabido e inaceitável ficar ganhando tempo com falsas promessas, o que não fazemos e nem permitimos que façam.
Uma coisa é um sonho demorar se realizar quando estamos conscientes do motivo da demora. Outra coisa é continuar sonhando com algo que nunca vem, porque estão nos enrolando. Por isso, continuaremos sonhando em Macaíba, mas de forma consciente e com os pés no chão. Se esse sonho vai virar realidade dependerá de muita coisa, pelo menos a boa vontade e disposição da Gestão foi demostrada hoje na reunião.
A instituição de um plano de cargos carreiras e remuneração, depende de um modelo de plano, que trará uma tabela salarial que norteará o impacto financeiro. Por sua vez, o impacto financeiro demonstrará a viabilidade do plano de cargos, e com isso, o Gestor dirá UM SIM ou UM NÃO.
Acordada a viabilidade da criação do PCCS, tem-se que garantir a inclusão no orçamento. Mesmo tornando-se lei e se garantindo orçamento, ainda será preciso observar outras legislações, a exemplo da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000, a qual todo gestor é submisso.
O projeto de lei do plano nós já apresentamos como norteador, com isso, trabalharemos o impacto do plano e os demais detalhes. Com tudo pronto, aí sim teremos o SIM ou o NÃO da Gestão. Isso foi o que ficou acordado na reunião de hoje.

“Não é fácil, mas com união, fé, foco e determinação sempre conseguiremos atingir os nossos objetivos, porque a UNIÃO FAZ A FORÇA!”.

PREPARAÇÃO PARA REUNIÃO
 
FOTOS DA REUNIÃO
 
REUNIÃO POSTERIOR COM LIDERANÇAS POR LOCAL DE TRABALHO

Nenhum comentário: