sexta-feira, 4 de novembro de 2011

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE OS VALES ATRASADOS


AINDA NÃO PODEMOS PRECISAR DATA PARA RESOLVER O PROBLEMA.

Caros companheiros, diante das informações que me foram passadas ontem por Salustino a respeito de uma reunião sobre os vales- oque não foram muito concretas- estive hoje durante o dia todo na SEGELME e SMS, esclarecendo como realmente ficará a situação dos benditos meses em atraso e pleiteando que seja em dinheiro o retroativo e em recarga esse mês.

O que acontece de fato é que a SMS não tem condições de fazer a compra de novos cartões, por está devendo ao SETURN, e que dependeria de uma ajuda da SEGELME, que faria a compra de 400 cartões com recargas máximas para distribuir.

Em conto com a Secretária da SEGELM, informei para ele que não se trata de 400 pessoas sem vales e sim 800, que não é justo abarrotar os cartões com passagens, se as pessoas gastaram do bolso e deveriam ser ressarcidas em dinheiro e que não é justo que se coloque falta em ninguém, pois desde muito tempo isso vem ocorrendo e ninguém nunca levou falta. Ela disse que essas questões seriam com a Saúde e que estava apenas tentando viabilizar a compra dos 400 cartões, mas se era mais do que isso complicaria e teria que fazer um estudo para ver se será possível ou não resolver provisoriamente o problema.

Na SMS fui informado que realmente se trata de 800 pessoas e não 400 como foi equivocadamente informado à SEGELM, e que na segunda será feita uma reunião para discutir o problema.  Aproveitei a ida na SMS, para tratar do mais importante, as ameaças feitas de colocar faltas nos agentes que ficaram em casa. Sobre isso, a Assessoria Jurídica solicitou que fosse feito um ofício solicitando da Secretária de Saúde o abono das faltas. O ofício foi feito e logo-logo  será apreciado pela secretária.


"Mas fiquem cientes de uma coisa, não existe a afirmativa de que será colocado falta nos que ficaram em casa, o que existiu são ameaças feitas no dia da reunião na DRT. Espero que saia logo essa resposta ao ofício do sindicato"!

Nenhum comentário: