quinta-feira, 19 de julho de 2012

FALTA DE FARDAMENTO E DE CONDIÇÕES DE TRABALHO PARA OS ACE E ACS DE NATAL NOS PREOCUPA



Durante duas semanas percorri o campo para fazer a campanha da Chapa 1 e aproveitei para  observar a falta de vale-transporte, de protetor solar e de fardamento. Em muitas turmas, dos 10 agentes existentes, apenas 3 ou 4 tem condições de ir para campo.   

Alguns cumprem expediente no CCZ e outros nos PAs centrais e nos PAs por zona. Na tarde da terça feira (18/07/12), recebi algumas ligações de vários agentes informando que estavam sendo envolvidos num trabalho de educação em saúde próximo de seus Pontos de Apoio e não demonstraram nenhuma insatisfação. Esse primeiro grupo de pessoas é do Norte 1 e estão satisfeitos com a atividade por estarem próximo de casa.

Já no Distrito Norte-2, 29 ACE que estão sem fardamento, foram deslocados para o Bairro de Igapó, onde executariam uma atividade educativa casa-a-casa em quarteirões pré-definidos. O problema é que ninguém foi avisado previamente e muitos estão sem vales e sem o fardamento básico (calçados, calça).

A pedido dos ACE estive no local para dar a devida assistência e procurar resolver o que poderia ter se tornado um grande problema. Sugeri que ninguém fosse a campo e que fossemos ao CCZ para conversarmos com a direção e gerencia técnica. Na reunião colocamos a importância de que todos deveriam ser ouvidos antes de executar tal atividade e que sem as devidas condições os agentes estão com a razão. Ficou definido que até que aconteça uma reunião com todos como sugeri, eles cumprirão expediente nos seus PAs e depois dessa reunião será definido a estratégia de trabalho.  

A intenção do CCZ é proporcionar um trabalho educativo nos bairros de maior incidência de Dengue, utilizando um grande estoque de panfletos e algumas camisetas, que segundo a gerente do CCZ técnica Jeane Barbosa, poderá ser desperdiçada com a mudança de Gestão. O Projeto é muito importante porque está dentro das atribuições dos ACS, mas sem dar as condições mínimas de trabalho e sem trazer prejuízos aos agentes, o trabalho não pode ser executado.
    Sobre o fardamento gostaria de informar que já está sendo providenciada a compra, mas novamente só para os ACE, o que é uma Put... de uma injustiça com os ACS que já estão sem fardamento há anos. Uma empeza de Fortaleza que vende fardamento para agentes de lá é quem irá fornecer o de Natal. Está faltando apenas um parecer final para compra ser realizada. Só espero que não passe de 30 dias.

Nenhum comentário: