domingo, 8 de julho de 2012

HORÁRIO CORRIDO SEM PERDA DE VENCIMENTOS, UM PROJETO OUSADO DA CHAPA 1

Ao longo de nossa campanha vimos afirmando para todos os filiados que só apresentamos propostas que podemos cumprir, diferentemente dos nossos opositores, que prometem mundos e fundos. Pedimos a todos que guardem nossos impressos de propostas para que possam cobrar o que está escrito. 

Um dos audaciosos projetos que colocaremos em prática ao assumirmos o SINDAS, é enviar um projeto de lei a Câmara Municipal, tornando o horário corrido opcional para os agentes, sem a perda de vencimentos. Sendo assim, os agentes que optarem pelo horário corrido perderão apenas o vale-alimentação, o que será um presente para quem tem outros afazeres e estuda a tarde.

A aprovação desse projeto de lei não será fácil, por que o PCCV rege 40h para todos os servidores. Porém tenho muitos argumentos para convencer a gestão, entre eles, que a especificidade da atividade exercida pelos agentes é única e pode perfeitamente ser exercida em horário corrido. 

O projeto já está em faze de finalização, mas para que ele se torne uma realidade, preciso do apoio de todos nas eleições do SINDAS. Com autonomia e com a categoria ao nosso lado poderemos recuperar o tempo perdido e reerguer a confiança no SINDAS, que infelizmente foi abalada por causa de alguns picaretas que só olharam para seu umbigo e exploraram a entidade ao máximo.

VOTE CERTO VOTE CHAPA 1. COSMO MARIZ PRESIDENTE!

Nenhum comentário: