sábado, 28 de julho de 2012

QUANTO MAIS SE APROXIMA A ELEIÇÃO, MAIS O GRUPINHO DA DESONRA SE DESESPERA

A VERDADE É DITA PUBLICAMENTE

Estávamos prontos para concorrer às eleições do SINDAS e preparados para ouvir de tudo, mas não imaginávamos que o atual Presidente e seus parceiros de chapa fossem descer tão rasteiro, ao ponto de chamar os agentes de saúde do interior de BURROS, inventando de de tudo para tentar confundi-los nas eleições.

Essas atitudes só provam que o respeito que Salustino cobra, nunca foi merecido, porque não é digno de respeito quem sequer se dar o luxo de falar a verdade e para não largar o poder fere a dignidade de quem sempre o promoveu.

Caluniar, difamar e chegar a dizer que tem diretor que não crê em Deus, que se passa por presidente, que o impediram de ir à Brasília defender o piso nacional da categoria entre outras mentiras deslavadas, é o mínimo que se escuta. Puro desespero! Mas não poderia se esperar muito de quem não tem propostas porque lhes falta inteligência e interesse de usar o dinheiro da categoria com ações que traga benefícios para todos.

Até se pensou em mandar uma caravana de agentes para Brasília em maio na discussão do piso nacional, mas ao percebermos que tudo era uma mentira nacional e que o SINDAS não tinha condições de mandar uma caravana, a direção em conjunto com Presidente decidiu não mandar ninguém da direção. 

Estrategicamente o Presidente junto com Eraldo e usando ofícios da entidade, pediram ajuda para tudo que é gabinete de políticos e SESAP. Até hoje essas ajudas financeiras não pareceram. De uma hora para outra soubemos que Salustino foi para Brasília de avião, se hospedou em hotel e lá permaneceu por longos 15 dias. Com sombra e água fresca e com celular do SINDICATO levado escondido, sobrou para nós filiados pagarmos a conta de R$ 600,00 de ligações interurbanas, porque as outras despesas até hoje é um mistério de onde partiu. Mas já descobrimos e logo-logo será divulgado as provas da troca.           
 
PASSAGEM DE AVIÃO IDA E VOLTA: R$ 800,00 aprox.
HOSPEDAGEM APROXIMADA: 750,00 aprox.
ALIMENTAÇÃO: 450,00 aprox.
TOTAL APROXIMADO: R$ 2.000,00

Você como agente de saúde, mesmo com todo amor à causa teria condições de custear essas despesas do seu próprio boldo ou tem algo de errado nessa historia toda?
Onde está o piso? Onde está à emenda de Henrique Alves que Salustino afirmou que iria regulamentar o piso?

Pura conversa fiada, pois nem os informes de lá ele trousse e ainda pousa de vítima, dizendo que vetamos ainda dele a Brasília. Decidimos em direção que se a categoria não fosse nenhum diretor iria passear de avião, como o Presidente fez ao longo de 4 anos de mandato.

Nenhum comentário: