quarta-feira, 19 de junho de 2013

SINDAS FEZ A DIFERENÇA NA AUDIÊNCIA PÚBLICA EM BRASÍLIA NESTE DIA 18-06-2013

Nesta última terça (18-06) ocorreu uma audiência pública para discutir os rumos da regulamentação da EC 63/2010, que trata do nosso piso nacional e das diretrizes para os planos de carreiras dos ACE e ACS.
A audiência que estava prevista para ocorrer as 9h foi transferida para as 14h, em virtude da mudança de auditório. As 14:30h no auditório Nereu Ramos se deu início a audiência publica que pode ter sido definitiva para convencer os deputados a votarem o PL substitutivo que tramita na Câmara aguardando colocação em pauta de votação.
Estavam presentes, além dos representantes da CONACS, CNS, CMN e MS, vários parlamentares, entre eles, Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), Geraldo Resende (PMDB-MS), Rosinha (PT-RS),  João Ananias (PC do B/CE), Pedro Chaves (PMDB/GO), Fátima Bezerra (PT/RN), Domingos Dutra (PT/MA), Assis Carvalho (PT/PI), Carmem Zanotto (PPS/SC),  Valtenir Pereira  (PSB/MT) e Érika Kokai (PT/DF). Também registraram presença, caravanas dos Estados de GO, CE, PI, PE , BA, RO, TO, RN, RJ, MS, MT, SE, AL, MA, MG, SP e PB.
O SINDAS/RN dessa vez fez a diferença. Podemos afirmar, que aliado a mobilização dos agentes, os resultados obtidos nesta audiência pública, tiveram nossa participação direta ee/ou indireta, pois elaboramos um excelente material que foi distribuído em todos os gabinetes, para os assessores de deputados, para CONACS, FEDERAÇÕES, SINDICATOS e todos os agentes que participaram do evento.
O nosso material além de tratar de assuntos de suma importância para categoria, abordou questões de grande relevância na luta dos ACE e ACS. Alguns argumentos postos no nosso material, têm muito peso político, pois a reação dos parlamentares ao lerem o material foi visível. Em meio aos discursos em plenário, ficou claro que os que lá estavam absolveram nossa mensagem, pois externaram a nossa opinião e deixaram claro que não irão arriscar e ser contra a nossa causa.
Presente na reunião, estava a advogada da Confederação Nacional dos Municípios-CMN, que por covardia, não envio o medíocre do seu Pedinte Sr.  Paulo Ziulkoski, que afirmou à imprensa que os agentes só serviam para preencher papeias e almoçar de graça nas residências. A participação da CMN foi finalizada com belas vaias e ferrenhas críticas dos parlamentares e da Pte. da CONACS, que fizeram questão de rebater os argumentos da advogada, que incompetentemente, para tirar a responsabilidade dos Prefeitos, jogou a culpa n Governo Federal.
A deputada Fátima Bezerra, o deputado Raimundo de Matos e o Dep. Raimundo Dutra como sempre tiveram sua importante participação no evento. Chegaram a afirmar que o PL substitutivo deve ser votado e instituir o piso. Os prefeitos não tem que apitar nessa questão, que cabe tão somente ao Presidente Henrique Alves, colocar a matéria em votação, para ser aprovado por maioria.
Ficou definida para próxima semana nova mobilização para acompanhar a reunião de Líderes a fim de garantir a inclusão na pauta da Câmara possibilitando já na próxima semana a votação do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE.

O SINDAS mesmo diante da receita minguada de pouco mais de R$ 12.000 mês, enviou de avião uma grande comissão composta por 06 agentes do interior, 02 de Natal e 05 diretores, sendo que destes 05 dois foram um dia antes para resolver assuntos no Ministério do Trabalho e passar nos gabinetes dos deputados. Não foi fácil, mas graças a nossa central sindical, foram disponibilizadas algumas passagens aéreas um dia antes, por isso, não fizemos assembleia para tirar representantes, pois precisávamos fornecer os nomes para compra das passagens. O importante é que o SINDAS e os agentes do RN se fizeram presentes, e o mais importante, fizeram a diferença no movimento, que diga-se de passagem foi decisivo para a regulamentação da EC 63/2010.
Com exceção dos ex-diretores do SINDAS estavam presentes juntos com um caravana enviada pelo SINDSAÚDE, todos os agentes de saúde do País, parlamentares e demais autoridades presentes usaram o boton que distribuirmos que dizia "Piso Nacional Já", bem como levaram e leram atentamente o material. Outro fato deplorável, foi a confusão feita pelo Agente de Saúde de Natal Genilson Sores, cargo comissionado de Carlos Eduardo, que foi junto com ex-diretores do SINDAS. Ao saber que o Pte. do SINDAS iria falar em tribuna, o correligionário do Prefeito de Natal enviado pelo SINDSAÚDE armou o maior barraco, inclusive, foi ameaçado chamar a segurança da Câmara para retira-lo da antessala do plenário.
Éramos o segundo a falar mas como a audiência ficou acirrada, respeitosamente cedemos a vez federação dos agentes, que com muita propriedade defendeu a categoria em tribuna.
Em meio aos aborrecimentos e dificuldades, foi muito positivo para nós do SINDAS, pois enquanto alguns priorizavam fazer confusão por não admitir que perderam a representação dos agentes e mágoa da derrota nas eleições, nós priorizamos levar nossa mensagem a todos,  defender a categoria e de forma unida lutar por um só ideal, "O PISO NACIONAL DA CATEGORIA".
ORAÇÃO QUE O PAI NOS ENSINOU

MATERIAL DO SINDAS CHEGA AOS DEPUTADOS 
DEPUTADOS ATENTOS A MENSAGEM DO SINDAS
O QUE FEZ A GRANDE DIFERENÇA
FAIXA DO SINDAS TEM LUGAR DE HONRA
SINDAS E PRISCILA DO BLOG 
AGENTES DE VÁRIOS ESTADOS E SINDAS
Presidente do SINDAS ATENTO E ENCIMA DO DEBATE
FÁTIMA BEZERRA E VIAGEM COM AGENTES ENVIADOS
 PELO SINDAS A BRASILIA 18/06
CONFIRAM O RIQUÍSSIMO MATERIAL LEVADO À BRASÍLIA E ELOGIADO POR TODOS OS PRESENTES.

Nenhum comentário: