quinta-feira, 11 de junho de 2015

SINDAS DENUNCIA PREFEITURA DE JOÃO CÂMARA POR ASSÉDIO MORAL E FALTA DE CONDIÇÕES DE TRABALHO PARA OS AGENTES


Comparecemos hoje pela manhã no Município de João Câmara para uma reunião com os ACS, com objetivo de eleger uma comissão de representantes local e acolher algumas denúncias.
Entre as denúncias da categoria estão: assédio moral coletivo, falta de fardamento, de protetor solar, material de trabalho e não realização de exames de saúde.
Os casos de assédio são tão graves no Município, que a Secretária de Saúde bate a porta na cara dos ACS para não ouvi-los e o Prefeito Municipal faz uso da rádio da cidade para chamar os agentes de porras.
A nossa indignação foi tamanha, que passamos a tarde inteira formulando a denúncia no Ministério Público do Trabalho, o que só foi protocolado eletronicamente às 18:41h de hoje.
Contra esses absurdos não tem outro remédio é coibir com apoio dos órgãos jurisdicionais do RN.
Confira os pedidos ao MPT/RN

"Em face do exposto, a Entidade Sindical requer a realização de audiência de conciliação para oitiva de vítimas e testemunhas, bem como, a intimação do Prefeito Municipal Sr. Ariosvaldo Targino e Secretária Municipal de Saúde Sr.ª Andrelucia Cordeiro, para assinatura de TAC, semelhante ao da Prefeitura de Natal que proíbe o assédio moral e o desvio de função de agentes de saúde(anexos)". 
PROCESSO NO MPT/RN

Nenhum comentário: