domingo, 7 de agosto de 2011

PROCESSO PARADO POR MAIS DE 100 DIAS CABE RECLAMAÇÃO NA OUVIDORIA

Caros leitores, o Conselho Nacional de Justiça- CNJ, orienta que os cidadãos que estão com seus processos sem movimentação por mais de 100 dias, devem representar o respectivo órgão jurisdicional. Junto ao TRT-RN já fiz diversas reclamações e lhes asseguro que funciona, pois quando a ouvidoria recebe a reclamação a distribui pedindo providências da respectiva Vara do Trabalho.

VEJA COMO FAZER: CLICK AQUI e preencha seus  dados, e na parte onde será o texto da reclamação coloque:

“Venho por meio deste, seguindo orientação do Conselho Nacional de Justiça- CNJ, fazer uma reclamação contra a 2ª Vara do Trabalho, pois o meu processo sob nº 234/2008-002, encontra-se sem movimentação há mais de 100 dias e não é a primeira vez que isso ocorre.
A luz desse questionamento, a reforma do Poder Judiciário tratada pela Emenda Constitucional no 45, tem como finalidade precípua combater a morosidade na entrega da prestação jurisdicional, razão pela qual, incluiu entre os direitos e garantias fundamentais do cidadão ( art. 5º,inciso LXXVIII, CF), " a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação", além de proibir a promoção do juiz que descumprir os prazos processuais.
Face aos questionamentos, solicito intervenção desta ouvidoria”.
 VEJA O FORMULÁRIO DA OUVIDORIA DO TRT-RN
 
Primeira Vara
Juiz Titular: ZÉU PALMEIRA SOBRINHO
Diretor: Ivan Dias de Lira
Telefone: (84) 4006-3221
 Segunda Vara
Juíza Titular: MANOEL MEDEIROS SOARES DE SOUSA
Diretora: Andry Valério Furtado de Souza
Telefone: (84) 4006-3291
Terceira Vara                                                                                                                                           Juiz Titular: ELIZABETH FLORENTINO GABRIEL DE ALMEIDA
Diretor: Jorge André Jales Dantas
Telefone: (84) 4006-3241
Quarta Vara
Juiz Titular: RICARDO LUÍS ESPÍNDOLA BORGES
Diretor: Hugo Aldo Porto Barreto
Telefone: (84) 4006-3251
 Quinta Vara
Juíza Titular: ISAURA MARIA BARBALHO SIMONETTI
Diretora: Cibele Conceição Orane
Telefone: (84) 4006-3262
 Sexta Vara
Juíza Titular: MARIA AUXILIADORA BARROS MEDEIROS RODRIGUES
Diretor: Giuseppe Maroja Limeira
Telefone: (84) 4006-3000
 Sétima Vara Juíza Titular: JOSEANE DANTAS DOS SANTOS
Diretor: Vivêncio Faustino de Moura
Telefone: (84) 4006-3000
Oitava Vara
Juíza Titular: BENTO HERCULANO DUARTE NETO
Diretor: Maria Elisa Pereira de Macêdo
Telefone: (84) 4006-3000

5 comentários:

andre coslop disse...

muito boa a informação grato!!!!

Marcelo disse...

Informação importantíssima, de grande utilidade. Muito obrigado!

Fábio ASP disse...

Camarada, no Brasil o buraco é mais em baixo. Cutuca um juiz e ele acaba com a vida de um simples mortal. (lembranças do Detran RJ).

Anônimo disse...

Concordo em número e grau com Fábio ASP. Acrescento apenas que em muitos casos o Diretor de Secretaria é quem prende seu processo(?) É sabe-se lá porque. Bom mesmo é tentar falar com o Juiz(se o ilustríssimo Diretor de secretaria deixar). Justiça do Trabalho teria que cobrar mais de seus diretores(ter classificação de andamentos dos processos, Corregedoria (+)atenta a supostos esquecimentos propositais, parando o andamento e prejudicando mais ainda a quem da Justiça procura seus Direitos. Dependendo dos casos, quem procura seus Direitos é travado por pessoas que se acham acima da verdade. Deus existe, e a nada fica impune. Um dia vc paga sua conta! Não adianta tentar passar um moralismo que vc não tem em sua podre estrutura. A Deus em peço pelos bons Juízes, e que eles tenham sempre a luz do altíssimo para nos dar sua Justiça com CELERIDADE "IGUAL NA CASA DO PAI" AMÉM SENHOR!

* Caro, caríssimo "diretor de Secretaria" O que vc tira, esconde em gavetas profundas, salas frias de luzes sem brilho, onde alguém padece de uma luta longa e desumana e vem vc agora fazer sua própria justiça obstruindo a causa de outros. Deus está te acompanhando e tua história esta escrita nos arquivos da Justiça Divina. Jesus proteja tua família de teus atos.

* Alguém visivelmente prejudicado por um Diretor de Secretaria. Deus será meu Juiz!

suelen almenara disse...

Meu esposo tem um processo ah seis anos na defensoria pública de saquarema de identificação ,pois não tem nem certidão de nascimento e o processo tá parado desde 2015 .um descaso.com isso ele não pode registrar a filha dele , não consegue emprego ,estudar etc...