quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

INSALUBRIDADE DE TODOS AGENTES DE CEARÁ MIRIM FOI CORTADA

ASSEMBLÉIA  CAMPAL  

Em janeiro deste ano, todos agentes de Ceará Mirim foram surpreendidos com a retirada do adicional de insalubridade de seus salários. Segundo decreto da Prefeitura, a retirada se deu por orientação do Tribunal de Contas do Estado-TCE.
Graças à influência de pessoas que já saíram do SINDAS, teve gente que compõem a Associação dos Agentes de Ceará Mirim – AMAS, que mesmo sem a insalubridade, foram contra que a categoria se reunisse com o SINDAS.
Segundo denúncias trazidas pelos agentes ao sindicato, teria gente com gratificações e empregos de familiares dados pela prefeitura, motivo pelo qual se calaram diante do problema. Como não cabe a nós procurarmos saber se as denúncias são verdadeiras ou não, procuramos a categoria a quem devemos satisfação e descobrimos que inventaram que o SINDAS não estava fazendo nada, quando na verdade a Associação só ficou sabendo do problema através de nós, que já estávamos desde janeiro tentando resolver o problema.
Contra a vontade de alguns, segunda feira (18-02) estivemos em Ceará Mirim, tiramos a história a limpo e fizemos os encaminhamentos com aval da categoria. Após a reunião seguimos para prefeitura, onde foi marcada uma reunião para quarta feira (20-02).
Deixamos claro para os membros da associação e agentes presentes, que não permitiremos quem não pode representar a categoria ficar se metendo e atrapalhando o SINDAS. Alertamos a todos que não permitiremos que advogados particulares ligados ao SINDSAÚDE se passem por representante legal da categoria,  para auferir vantagens com honorários assistência sindicais indevidos, assunto este, que já estamos levando ao conhecimento da OAB-RN e Ministério Público do Trabalho, pois isso se trata de invasão de BASE REPRESENTATIVA SINDICAL, prática vedada pela legislação.


Nenhum comentário: