quarta-feira, 21 de novembro de 2012

CORREÇÃO DAS PORTARIAS E BAIXA DAS CARTEIRAS


Caros companheiros(as), venho aqui fazer alguns esclarecimentos referentes ao procedimento que estamos adotando para dar baixa nas Carteiras de Trabalho e, posteriormente, fazermos a tentativa administrativa de sacar o FGTS que encontra-se recolhido na conta vinculada da Caixa Econômica Federal.

Em primeiro lugar a nossa idéia de recolher cópias das Carteiras de Trabalho dos ACE e ACS filiados ou não ao SINDAS, tem três finalidades:

1ª - fazer a verificação das datas que cada um entrou no serviço público Municipal, conferindo o reconhecimento dos vínculos determinados pela Justiça do Trabalho nos processos de FGTS ou pela  DRT, quando em 2010, graças a uma denuncia do SINDAS a DRT determinou que a SMS assinasse as carteiras de todos os ACE e ACS com as datas retroativas. Essa atitude inclusive salvou muita gente que teve o vínculo anulado pela justiça por incompetência de alguns advogados.

2ª - Feito essas correções nas portarias, como datas de admissão, nomes e matrículas que estão errados em alguns casos, recolheremos as carteiras para SMS dar baixa. Para isso será necessário ter a portaria de enquadramento no PCCV com os dados corretos de todos os agentes.

3ª – Essas correções nas portarias do PCCV que estamos providenciando, servirão para toda vida funcional dos agentes, pois serão fundamentais na hora evoluirmos no plano de cargos.

 Imaginem se a comissão de avaliação do PCCV fosse computar as informações para evoluirmos no PCCV e elas estivessem erradas! De quem seria o prejuízo? Pois bem, filiados ou não agradeçam ao SINDAS e sua Diretoria pela brilhante e idéia e corram com as cópias para regularizarmos essa situação ainda esse ano, pois só Deus sabe se a próxima gestão terá interesse de resolver esse problema.

ATENÇÃO MUITA ATENÇÃO:
Alguns desocupados andam perpetuando no campo que essa história de sacar o FGTS é mentira, que o interesse do SINDAS é em dinheiro, que a Caixa já disse que não libera o FGTS antes dos três anos e que não levem as cópias das CTPS...

Quem perpetua tais informações confessa claramente que é do time do contra e tá pouco se lixando para os agentes, apesar de comporem a mesma categoria. Dizer que temos interesse em dinheiro é ridículo, pois diretores e demais agentes têm cerca de R$ 3.300,00 na Caixa. Se a intenção é insinuar que obteremos outros lucros é uma idiotice, pois cada um é quem vai sacar o que é seu.

 Dizer que a Caixa não libera o FGTS antes dos 3 anos da mudança de regime não nos admira nada, pois esses leigos não sabem sequer se dirigir a um colega, imaginem discutir um assunto desses com uma instituição que tem total interesse de ficar com esse dinheiro.

Lamentamos pelos que derem ouvidos e não levarem as cópias. Se futuramente forem prejudicados não nos culpem, procure a turminha do contra. Daremos prosseguimento a quem tiver interesse.

A contribuição que esses desocupados têm dado nesse processo é tentar fazer inferno com um assunto sério. O pior de tudo é que já foram alertar a Caixa para não liberar o FGTS só pra não termos êxito. Se isso se concretizar teremos que recorrer coletivamente à justiça. Só o SINDAS pode entrar com as ações coletivas, por ser o sindicato da categoria profissional agentes de saúde. Se isso ocorrer, só os que são filiados poderão ser representados por nós, mas os que não são filiados pagarão 20% a advogados particulares ou colocarão com SINDSAÚDE individualmente. Falta de aviso não foi, mas ainda há tempo de se filiar!

JÁ ACHAMOS A SOLUÇÃO PARA OCUPAR A MENTE DOS DESOCUPADOS. “OS DIRETORES DO SINDAS JUNTARÃO ROUPA SUJA EM CASA PARA MANDAR ESSE POVO LAVAR, SÓ ASSIM OCUPAM A MENTE”.

Nenhum comentário: