quinta-feira, 30 de abril de 2015

AGENTES DE SÃO JOSÉ DE CAMPESTRE APROVAM INDICATIVO DE GREVE E SEGUIDA SÃO RECEBIDOS PELA PREFEITA MUNICIPAL

VOTAÇÃO DO INDICATIVO DE GREVE DIA 27-04-2015
Na manhã do dia 27-04-2015, convocados por edital, os agentes comunitários de saúde se reuniram em frente à sede da Prefeitura de São José de Campestre, para deliberar sobre a paralisação das atividades a partir do dia 30-04.
Antes de votar o indicativo de greve, ao tomar conhecimento do edital a Prefeita Municipal e a Secretária de Saúde marcaram uma reunião para discutir a pauta de reivindicação.
Para não invalidar os prazos e perder a publicação odo edital, resolvemos aprovar o indicativo de greve e em seguida se reunir com a gestão.
A reunião foi muito produtiva. Reconhecemos que já nesse primeiro momento as questões começaram ser resolvidas, inclusive foi comprovado que não existe pendências de fardamento, EPI e material de trabalho para os ACE, motivo pelo qual eles não participaram da votação odo indicativo de greve.
A pedido do SINDAS, a Prefeita já havia enviado para Câmara, um projeto de lei, que versa sobre o piso da categoria. Como não concordamos com projeto, solicitamos a Prefeita que pedisse ao Presidente da Câmara que não votasse o projeto lei, porque apresentaríamos outro PL.
Num ato de respeito ao Sindicato e a categoria, a Excelentíssima Prefeita acatou o pedido e ligou para o Pte. da Câmara não votar o PL, pois iria enviar a minuta proposta pelo Sindicato.
Outro ponto de pauta foi o PMAQ, pois havíamos questionado o valor de PMAQ pago aos agentes e a Prefeita propôs aumentar o valor de R$ 150,00 para R$350,00, mas alguns agentes discordaram, porque queriam ganhar igual aos médicos, enfermeiros e odontólogos (R$ 500,00). A Prefeita não concordou e disse que se não aceitasse iriam ficar ganhando o valor atual de R$ 150,00.
No dia seguinte à reunião, a Prefeitura encaminhou algumas respostas aos pontos de pauta, mas infelizmente alguns não ficaram claro e nem estabeleceu-se datas para o cumprimento.
Na manhã de hoje, nos reunimos novamente com a categoria. Após um amplo debate a categoria concordou receber o PMAQ diferente do nível superior e como já havíamos confirmado que o PL do piso proposto pelo SINDAS será votado segunda feira, colocamos em deliberação a suspensão do indicativo de greve, para aguardar o cumprimento das propostas por 60 dias. Aprovado o PL na segunda feira, o piso de R$ 1.014,00 será pago retroativo a janeiro de 2015, e o retroativo em 4 vezes.
VOTAÇÃO DO INDICATIVO DE GREVE

REUNIÃO COM PREFEITA E SECRETÁRIA
ASSEMBLEIA QUE APROVOU A SUSPENSÃO DA GREVE POR 60 DIAS
RESPOSTA DA PREFEITURA

Nenhum comentário: