quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

PROMOTOR QUE RECOMENDOU FIM DA GREVE EM NATAL RECEBE PRESIDENTE DO SINDICATO DOS AGENTES DE SAÚDE

Na manhã dessa quarta feira (09-12), o Promotor de Justiça da 62ª Promotoria de Justiça de Natal, Dr. Marcelo Coutinho, recebeu o Presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde, para debater assuntos relacionados a greve dos agentes de saúde iniciada dia 09/11/2015.
O motivo de comparecermos a 62ª PJ, foi dar conhecimento ao Promotor de fatos graves que estão por trás das epidemias instaladas em Natal, dar ciência a Promotor que a categoria não é culpada pela greve e que está disposta a trabalhar, mas a Gestão quem não está colaborando.
Alertamos o Promotor sobre vários fatos graves, entre eles: que o quantitativo de agentes em greve não corresponde sequer a 40% da categoria; que dos 490 agentes cadastrados junto ao Ministério da Saúde, tem 290 que ninguém sabe o paradeiro; que o Município de Natal não elaborou nenhum plano de contingência efetivo para combater o Aedes Aegypti, que deixou a epidemia acontecer, por ter favorecido o senário para sucessivas greves; que o Decreto de emergência tanto no Município de Natal quanto no Estado poderiam ter sido evitados se a Gestão fizesse o dever de casa.
Diante de alguns relatos, o Promotor solicitou que o SINDAS faça as denúncias por escrito, inclusive, sobre os casos de desvio de função de agentes que deveria estar no campo combatendo o vetor, mas estão em outras funções por conivência administrativa e sem nenhum respaldo da Junta Médica da Prefeitura.
O que mais deixou o Promotor estarrecido, foi o fato de o processo de reajuste do auxílio alimentação ter se iniciado em junho, logo após a suspensão da segunda greve e até agora não ter sido votado na Câmara.
Ao término da conversa o Promotor garantiu que iria entrar em contado com Secretário para que ele agilize o atendimento do que ficou acordado e garanta o retorno dos agentes ao trabalho.

Mesmo se comprometendo conosco o Promotor fez alguns questionamentos sobra a greve, o que será discutido amanhã na assembleia da categoria, marcada para 9h no SINSENAT. 

Nenhum comentário: