sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A PREFEITA MICARLA DE SOUSA (PV) & EX-PREFEITO CARLOS EDUARDO (PDT) BATEM DE FRENTE COM JUIZ.


O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) e a atual prefeita Micarla de Sousa (PV), desafetos quase desde que nasceram, estiveram cara-a-cara agora há pouco.
Os dois se encararam diante do juiz da Sétima Vara Criminal, José Armando Pontes, no Fórum Miguel Seabra Fagundes.
Os dois foram convocados para serem ouvidos sobre possibilidade de acordo.
É que devido às acusações pessoais contra a prefeita, ela entrou com ação criminal contra o ex-prefeito por “calúnia, injúria e difamação”. A ação justifica que Carlos foi além das críticas administrativas, atingindo a gestora como pessoa.

Micarla foi à audiência de conciliação com seu advogado, Rubens Mariz.
Carlos Eduardo acompanhado do seu ex-procurador Geral, José Valdenir.
O juiz, que é cearense e está há um ano em Natal, perguntou à prefeita se havian possibilidade de acordo…
Resposta do advogado Rubens Mariz foi negativa. Para ele, foram palavras que mancham a honra de sua cliente. A ‘querelante’, como identifica a justiça. Depois foi a vez do ‘querelado’ ouvir a mesma pergunta, e foi o próprio Carlos quem respondeu: ‘Mantenho todas as críticas à atual administração’.
O juiz admitiu que críticas administrativas são naturais e fazem parte do processo democrático…mas quando passa para o lado pessoal….e questionou mais uma vez se não haveria acordo. “Não”. Resposta das duas partes. O juiz chegou a dizer que pensava que seria mais simples, quando o ex-prefeito afirmou que “existem acordos impossíveis”.

 Foi aí que o juiz lembrou que o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton e o líder da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Yasser Arafat, surpreenderam o mundo apertando as mãos e decretando o o início do fim de décadas de conflitos…
Carlos sugeriu que os dois apertaram as mãos, cada um com um punhal…
 O juiz José Armando ainda perguntou se o acordo não seria possível e ouviu mais um não…

Nenhum comentário: