terça-feira, 12 de agosto de 2014

SINDAS PRESENTE NO AUTO OESTE

CARAÚBAS/RN – Na manhã do dia 06 de agosto, o Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias do Rio Grande do Norte, Sindas/RN, esteve reunido com a categoria dos servidores públicos do município de Caraúbas, na região oeste potiguar.
O encontro com os Agentes Comunitários de Saúde e Endemias foi no auditório do legislativo municipal de Caraúbas e contou com a participação do vice-presidente do Sindas/RN, Francisco Canindé Querino. Na pauta da reunião estava o não cumprimento do piso nacional, que é lei decorrente da sanção (Lei 12.994/2014), que garante o valor mínimo de R$ 1.014 a todos os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, vinculados à União, aos estados e aos municípios, que cumpram jornada de 40 horas semanais.
De acordo com Francisco Canindé Querino, 50 municípios já se adequou ao cumprimento da lei do piso nacional, no estado do Rio grande do Norte e o prefeito de Caraúbas, Ademar Ferreira (PMDB) e Secretário de Governo Gilvandro Jácome, na última reunião que teve com representantes do Sindas e os Agentes Comunitários de Saúde e Endemias haviam prometido que assim que tornasse lei; iria cumprir o piso salarial e até o momento nada foi feito.
Os Agentes Comunitários de Saúde e Endemias, junto com o vice-presidente do Sindas/RN, Francisco Canindé Querino, após muitas conversas e reivindicação, criaram uma pauta para a próxima reunião que acontecerá no Gabinete do Prefeito, com uma comissão que representará a categoria. A reunião está marcada para a próxima terça-feira, dia 12 de agosto.
Na pauta da reunião a comissão apresentará as reivindicações dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias ao prefeito Ademar Ferreira, que são:
  • O Cumprimento do Piso Salarial
  • Calendário de Pagamento
  • EPIs - Equipamentos de Proteção Individual
  • Complementação do Fardamento
Após a reunião com o prefeito e alguns secretários, a administração “Nossa Força é Nosso Povo” não aceitar e continuar a descumprir a lei do piso nacional, será realizado outra reunião para a categoria entrar em greve por tempo indeterminado até o cumprimento da lei e da pauta, criada na reunião de hoje.
 
IMAGENS: GIDIEL

Nenhum comentário: