terça-feira, 3 de abril de 2012

INDICATIVO DE GREVE DOS AGENTES DE SAÚDE DE NATAL APROVADO




Caros guerreiros e guerreiras agentes de saúde de Natal, a categoria por unanimidade aprovou o indicativo de greve convocado para hoje (03-04), com exceção de 2 ou três covardes que foram responsáveis pela greve descabida de junho e agora tentam convencer a categoria de que essa greve é ilegítima não deve acontecer.

Na ultima greve muitos reclamaram que compensaram os dias da greve trabalhando aos sábados, mas a compensação era certa, pois desde o dia da assembleia na Escola Estadual Winston Churchil, os grevistas receberam um ofício da Secretaria Saúde dizendo que a greve era precipitada e se todos voltassem a trabalhar abonaria as faltas mediante compensação. Quem se lembra dos que incitaram a categoria em continuar a greve mesmo com risco de trabalhar para pagar a greve? Quem contrariou o parecer do Advogado do SINDAS e colocou a categoria em rabo de foguete? Com certeza não foi quem correu atrás para abonar as 6 faltas que já iriam ser enviadas para SEGLME incluir na folha e eu quem convenceu a Secretária a voltar atrás e não descontar salario de ninguém.

A greve passada pode até ter sido precipitada por interesse políticos, mas essa é diferente, TEMOS PAUTA QUE LEGITIMA O MOVIMENTO e a categoria está vacinada e, se sentir que tem interesses diversos a não ser a luta pelas melhorias dos agentes, pulam fora, inclusive eu. Se a greve se desvirtuar de seus verdadeiros objetivos estarei preparado para dizer publicamente a minha categoria que é hora de recuar e os motivos.

Nosso limite é o atendimento as nossas reivindicações e não permitirei que meia dúzia de pelegos fique atrapalhando o movimento. Se isso continuar darei nomes aos bois publicamente.

Seguindo todas as exigencias da lei de greve, foi publicado o edital da assembléia de indicativo, o indicativo foi aprovado, o Empregado já foi notificado conforme documento abaixo e a categoria agora, aguardará um prazo de 72h para deflagrar ou não a greve.

Atenção todos devem comparecer na segunda feira em frente a prefeitura para continuidade d movimento.

O ofício está assinado pela vice-presidente, porque o presidente  se recusou assinar o expediente mesmo o ofício para prefeitura mesmo votando o indicativo de greve e participando do movimento. Os motivos eu não sei, mas que é estranho é um presidente de uma entidade se recusar a assinar o encaminhamento de algo que a categoria aprovou por unanimidade na sua presença. Delegar poderes seria uma saída de fugir ou estratégia de quem aposta no pior para os agentes? Fica a pergunta no ar, mas se for isso só tenho a lamentar e torcer que sejamos vitoriosos nessa greve.
VEJA TODAS AS FOTOS ABAIXO

Nenhum comentário: