sexta-feira, 6 de maio de 2011

FELIZ DIA DAS MÃES PARA ALGUÉM MUITO ESPECIAL

Não tive o prazer de crescer no seio de uma família completa, pois faltou a presença da minha querida mãe, que aos 37 anos vítima de um infarto deixou dois gêmeos com apenas 4 anos de idade, COSMO e DAMIÃO. Na época não poderia imaginar o que seria de nós sem a figura principal e a sustentação basilar de uma família. Estávamos diante do maior mal que pode acontecer ao ser humano, perder a quem te deu a vida e lhe carregou por nove longos meses.

Na época, a minha irmã mais velha tinha seus inocentes doze anos de idade, mas diante da necessidade se viu obrigada a assumir o papel de mãe de Cosmo, Damião e mais duas irmãs. Graças a essa maravilhosa mãe, prematura por força do destino, crescemos, estudamos, constituímos nossas famílias e cada um tomou seu rumo. A família cresceu e hoje não tem apenas ausência de uma mãe, tem também a ausência de uma avó, avó para os filhos dos filhos(as) daquela que se foi tão precocemente e deixou muitas saudades.

Faço essa homenagem ao dia das mães, para Ana Mariz, mãe prematura de 4 irmãos aos 12 anos, menina que se tonou adulta antes do tempo, sacrificou sua inocência, perdeu sua infância e trabalhou cedo para prover nossas necessidades. 

Dedico essa homenagem do dia das mães a minha mãe ausente e a minha mãe-irmã presente que tanto amo e agradeço por tudo que me fez.

Feliz dia das mães meu amor!

Nenhum comentário: